Há quem diga que o mundo gira em torno do sexo. Verdade ou não, o sexo é uma grande fonte de prazer e relaxamento e, mais do que isso, quem possui uma vida sexual ativa ainda garante outros benefícios para o corpo e para a mente.

Diante dos bons efeitos que o sexo oferece, vou apresentar para você 9 razões para que seus momentos íntimos sejam mais frequentes, afinal isso só irá trazer benefícios para você e sua parceira.

  1. Sexo faz bem para a saúde do coração

Segundo os cardiologistas, durante a relação sexual há um aumento temporário do trabalho cardíaco e da pressão arterial. Para preservar as artérias, contudo, é preciso de, no mínimo, 30 minutos diários, algumas vezes por semana.

  1. Remédio contra a dor

Durante o sexo, o corpo fabrica uma porção de substâncias, entre hormônios e neurotransmissores. Uma delas é a endorfina, a mesma que o corpo produz quando se pratica um exercício físico por alguns minutos. Essa substância, capaz de aliviar as sensações dolorosas, é descarregada para valer no auge da relação: o orgasmo. A endorfina é considerada o maior analgésico do nosso corpo e sua ação se prolonga após o ato sexual e, somada ao trabalho da ocitocina – outro hormônio liberado durante o orgasmo -, a endorfina ajuda a aplacar dores crônicas de cabeça e nas juntas.

  1. Chega de stress

A prática sexual ajuda a aliviar boa parte das tensões do dia a dia. Quanto mais intenso for o sexo, maior o nível de relaxamento. Apenas cuide para que o sexo não se transforme numa mera descarga de estresse já que, nesse caso, vira algo mecânico, quase obrigatório, sem envolvimento emocional.

  1. Autoestima a mil

É no cérebro que está localizado o verdadeiro terminal do prazer. Quem agrada constantemente essa central de instintos e emoções ganha uma gigantesca massagem no ego! A autoestima melhora pelo simples fato de nos sentirmos desejados pela parceira/parceiro. As preliminares também fazem toda diferença. Ou seja, tudo que antecede a penetração também tem o seu valor para o corpo e para a mente.

  1. Mais prazer, menos gordura

A prática regular de esportes ainda é a maneira mais eficaz para ter uma vida saudável e manter a forma. Porém, o sexo também pode ser um aliado na queima de calorias. O esforço de uma atividade sexual equivale, em média, a um trote a 7,5 quilômetros por hora. Dependendo da intensidade da relação, é possível queimar de 100 a 300 calorias!

  1. Sexo aumenta a imunidade

Fazer sexo uma ou duas vezes por semana pode fortalecer o sistema imunológico. Existem algumas pesquisas que afirmam que pessoas felizes têm melhor resposta imunológica, e a atividade sexual sem dúvida traz mais felicidade e qualidade de vida.

  1. Músculos fortalecidos

A prática sexual exige o esforço de alguns grupos musculares. É possível trabalhar as coxas, o dorso e o abdômen. No caso das mulheres, a relação ainda cobra a movimentação dos músculos da vagina. Durante o orgasmo, há uma contração dos músculos pélvicos. Quando unida a exercícios específicos para aumentar o controle da própria vagina, a relação ajuda a tonificar sua musculatura, diminuindo o risco de problemas como a incontinência urinária.

  1. Lubrificação nota 10

Essa é para as mulheres que se aproximam da menopausa. Um dos principais reflexos da queda de estrogênio é a falta de lubrificação na vagina – um problema bastante comum, que leva à secura nesta região. Mas aquelas que, após essa fase, mantêm relações sexuais, tendem a apresentar menos atrofia do órgão genital.

  1. Durma com os anjos

Uma noite tranquila também depende de uma cama movimentada. A relação sexual favorece o relaxamento muscular. Graças ao orgasmo, o corpo recebe uma enxurrada de substâncias que não demoram a agir, fazendo com que o indivíduo sinta uma mistura de bem-estar e exaustão.