O governador interino Wanderlei Barbosa (sem partido) e o presidente Associação dos Comercial e Industrial de Taquaralto, Aurenys e Região Sul de Palmas (Acit), Rausther José de Souza, além de outros membros da entidade, estiveram reunidos nesta quarta-feira, 17, para tratar da segurança no período das festas de Natal e Ano Novo. Efetivo maior e patrulhas foram as reivindicações do grupo. “O número de furtos aumenta muito neste período festivo devido ao aumento da movimentação de pessoas à procura de presentes. Precisamos de um maior número de policiais na área, pois estamos saindo de uma pandemia e o comércio ainda está reaquecendo”, disse representante do empresariado.

Estado fará o possível

Em resposta, o governador afirmou que, apesar do déficit na corporação, fará o possível para enviar um maior efetivo à região. “Nosso efetivo está pouco, devido ao grande número de aposentadorias, nossos homens envelheceram e não tivemos concursos. Ou melhor, tivemos neste ano, mas ainda vamos chamá-los em 1º de janeiro para o recrutamento e treinamento. Mas faremos o possível para dar esse reforço e garantir mais segurança aos comerciantes e à população que compra neste [lugar] que é um centro econômico importante da nossa Capital”, afirmou Wanderlei.