O secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), César Halum, e equipe reuniram-se  com o chefe-geral da Embrapa Pesquisa e Aquicultura no Tocantins, Alexandre Aires de Freitas, para discutir estratégias inovadoras a serem realizadas durante a Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins 2020), que em decorrência da pandemia da Covid-19, ocorrerá na versão virtual, no período de 27 a 29 de maio próximo.

Segundo o gestor da Seagro, César Halum, a Embrapa é uma das principais instituições parceiras de pesquisa na Agrotins, principalmente nos setores da aquicultura e da produção de sementes agrícolas (arroz, milho e soja). “É muito importante essa parceria, e mais uma vez, a Embrapa abraça com força total esse desafio de realizar a Agrotins virtual, incentivando expositores e produtores para o desenvolvimento do agronegócio tocantinense”, ressaltou.

De acordo com o chefe-geral da Embrapa, Alexandre Aires, essa é uma proposta exemplar, em meio à pandemia, é preciso traçar novas estratégias, é uma solução inovadora, visando utilizar os meios eletrônicos virtuais, mesmo sabendo que as pessoas não terão contato físico com os técnicos, pois esse é um momento diferente. “É uma excelente ferramenta a tecnologia na divulgação virtual, e podemos deixar uma contribuição inovadora para a realização das próximas Agrotins”, afirmou.

Inovações

O chefe-geral da Embrapa antecipa que, na plataforma virtual, estão previstos os lançamentos de uma nova cultivar de arroz; a criação de uma plataforma específica para região do MATOPIBA (Geomatopiba); a criação de tambaqui; dentre outras tecnologias.