Nas redes sociais nesta quinta-feira, 7, o ex-prefeito de Palmas Carlos Amastha (PSB) lembrou que há exatos três anos perdia a eleição para governador do Tocantins. Ele foi derrotado duas vezes, na suplementar, em junho, que substituiu o ex-governador Marcelo Miranda (MDB), cassado pelo TSE; e depois a ordinária de outubro. As duas foram vencidas pelo governador Mauro Carlesse (União Brasil).

Para disputar as duas eleições, Amastha renunciou ao cargo de prefeito em 3 de abril de 2018.

Tanta vergonha

No vídeo que postou nas redes sociais, o ex-prefeito disse que ter “tanta vergonha” de ter perdido as eleições de outubro de 2018. “Faltou capacidade e um esforço a mais para convencer o eleitorado da viabilidade das nossas propostas. Pena. Queria fazer do Tocantins um exemplo para o mundo”, escreveu sob o vídeo.