O mundo, após mais de um ano, vive os impactos terríveis da pandemia do novo coronavírus e as expectativas da vida voltar ao que seja possivelmente normal reside no processo de vacinação da população.

E a questão da necessidade de obter renda comprometendo diretamente as estratégias de distanciamento social, mantém a situação de dificuldade para milhões de pessoas no Brasil, instalando-se um processo de estado de necessidade para as mesmas, ou seja, são muitos os que estão passando fome.

Para minimizar essa situação, o empreendedorismo social busca, essencialmente, o crescimento sustentável de uma comunidade, por meio de projetos e práticas que tragam desenvolvimento estruturado e crescimento econômico.

Nesse campo apontamos as ações sociais  desenvolvidas pela instituição financeira Sicredi Entre as ações realizadas destacam-se as doações de cestas básicas e  produtos de limpeza.  Para fazer as ações acontecerem, a instituição contou com o apoio de voluntários, entre eles, seus próprios colaboradores.

 O objetivo dessas ações  é transformar a realidade de comunidades por meio da prestação de serviços.

Sobre o Sicredi

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão do Sicredi valoriza a participação dos mais de 4,5 milhões de associados, os quais exercem papel de donos do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados* e no Distrito Federal, com mais de 1.900 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros (www.sicredi.com.br).

 *Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.