O ex-senador Magno Malta (PL-ES) afirmou via rede social que teve o celular “clonado e talvez raqueado”, após o vazamento de uma foto de pênis em uma publicação na página de Facebook do político. O assunto foi um dos mais comentado no Twitter.

“Comunico a todos que tive meu celular clonado e talvez raqueado. Tem uma pessoa se passando por mim, usando meu perfil do Facebook… Já estou tomando providências, obrigado!”. Ele ainda complementa dizendo que, “se a tentativa é me calar, não vão conseguir”.

Na publicação com a foto íntima, que já foi deletada, Malta reclama do Facebook em classificar uma outra publicação sua como “parcialmente falsa”. Ele falava sobre um vídeo do médico Anthony Wong, defensor da cloroquina e do “tratamento precoce” contra a covid-19 que faleceu recentemente.

“Os sabichões que se dizem verificadores de conteúdo tirou [sic] do ar dizendo ser supostamente falso. Pergunto, o que é falso, o conteúdo do vídeo ou minha pergunta?”, questionou, sem se dar conta do que tinha na imagem.