O senador Eduardo Gomes (SD) decidiu se demitir do cargo de Secretário de Estado da Secretaria Executiva da Governadoria do Tocantins. Ele ocupava a pasta há menos de um mês a convite do governador Mauro Carlesse (DEM). Com a exoneração, Gomes deve voltar ao Senado Federal.

Os motivos da decisão de Eduardo Gomes ainda não foram divulgados. O G1 procurou a assessoria do parlamentar e a Secretaria de Comunicação do Estado e aguarda retorno.

Quando foi nomeado, a informação era de que Eduardo Gomes teria a função de articular os interesses do governo estadual em Brasília.

A cadeira dele no Senado era ocupada pelo primeiro suplente Siqueira Campos (DEM), que foi governador do Tocantins por quatro mandatos. Em 2018 a ideia era que Siqueira concorresse a vaga como titular e Eduardo fosse o suplente, mas a ordem acabou sendo investida em função de problemas de saúde do ex-governador.

Ainda não foi nomeado nenhum substituto para o cargo de Eduardo Gomes no Governo do Tocantins. As informações são do G1 Tocantins.