A equipe de vigilância técnica da Secretaria de Estado da Saúde (SES/TO) investiga se existe a circulação de uma nova variante do coronavírus em Porto Nacional, interior do Tocantins. A investigação foi iniciada após serem identificados 17 profissionais de saúde com Covid-19 e/ou suspeitos para a doença no Hospital Regional de Porto Nacional (HRPN). As informações foram confirmadas pela SES, através de nota encaminhada ao T1 Notícias.

A pasta garantiu que a equipe já toma todas as medidas preventivas necessárias ao caso.

De acordo com a secretaria, até a quinta-feira, 18, não há confirmação no Tocantins da circulação da nova variante do vírus.

 Sem informar detalhes a respeito da investigação, a SES afirmou que a equipe técnica segue atenta e que os casos que surgirem serão investigados.

 Novas variantes

A variante procede de uma mutação biológica do coronavírus ao nível do material genético, comum na evolução dos vírus. Neles, existe uma região chamada de RNA, que forma uma sequência lógica para que outros vírus sejam produzidos. Caso o RNA não seja copiado corretamente e apresente mudanças, a falha se mantém e gera uma nova variante.

Atualmente, cientistas analisam três variantes do SARS-CoV-2: a B.1.1.7 (britânica), 501Y.V2 (sul-africana) e P.1. (brasileira).