A Prefeitura de Araguaína decidiu bloquear a principal avenida comercial da cidade como medida de prevenção ao novo coronavírus. A Cônego João Lima, que concentra lojas do comércio popular no centro da cidade, está fechada por tempo indeterminado no trecho entre a Avenida Neblina e Rua das Mangueiras.

A cidade passou de 100 casos confirmados do novo coronavírus e é a cidade mais afetada pela pandemia no Tocantins. A prefeitura disse ainda que se o movimento nas ruas não cair pretende fazer novas interdições, como na Avenida Primeiro de Janeiro.

Uma força-tarefa das equipes de fiscalização da prefeitura estão monitorando lojas para que não realizem atendimento presencial. São permitidas apenas entregas e retiradas de produtos na porta do estabelecimento.

A sinalização do trânsito foi feita pela Agência de Segurança, Transporte e Trânsito (ASTT). Também estão sendo feitas ações de orientação nas portas das agências da Caixa Econômica Federal, que têm registrado aglomerações por causa dos auxílios emergenciais

A Secretaria Municipal da Saúde pediu que população fique em casa e saia somente quando for necessário. Araguaína é uma das cidades em que o uso de máscaras é obrigatório nas ruas. As informações são do G1 Tocantins.