O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) aprovou, com ressalvas, as contas do Partido Pátria Livre (PPL), referente às Eleições Suplementares deste ano. O Partido formou a chapa majoritária do então candidato a governo do Estado e atual candidato a senador, Vicentinho Alves (PR).

O relator do processo, juiz Henrique Pereira dos Santos, durante a leitura do voto, explicou que as ressalvas são referentes à extrapolação do prazo em 11 dias, para efetuar a abertura da conta especifica, para movimentação dos recursos financeiros da campanha eleitoral.

O voto seguiu o parecer do Ministério Publico Federal (MPF) e foi acompanhado pelos demais membros da Corte