O ensino totalmente presencial será retomado na Capital a partir de segunda-feira, 4, informa a Secretaria Municipal de Educação (Semed). Conforme o Paço, cada unidade educacional, por meio do seu comitê de enfrentamento de riscos da Covid-19, possui autonomia para deliberar sobre as peculiaridades locais. Uma nova pesquisa está sendo realizada junto aos pais e responsáveis acerca da preferência pela modalidade presencial ou remota de ensino.

Plano de retorno

O retorno presencial dos alunos à rede tem sido feito de forma escalonada, e sempre considerando o cenário epidemiológico de Palmas. Além das medidas já adotadas para o retorno no formato híbrido, a portaria determina que para as aulas presenciais também sejam obedecidos os protocolos de segurança estabelecidos conforme orientação da Secretaria Municipal da Saúde e demais órgãos que já estão definidos no Plano de Retomada das Atividades Escolares.

Alternativa

As unidades educacionais poderão excepcionalmente disponibilizar atividades pedagógicas às crianças e aos educandos que não aderirem ao formato presencial de forma impressa ou online. Para ter direito a estas atividades, as patologias e comorbidades dos alunos deverão ser atestadas por especialistas de saúde. Os pais ou responsáveis poderão ainda optar por manter seus filhos no ensino remoto assinando um termo de responsabilidade, no qual também se declara ciente de que o ano letivo de 2021 terá que ser concluído nesta modalidade.