“É com profundo sentimento de pesar que recebi a notícia do falecimento do desembargador Liberato Póvoa. Rogo a Deus que o receba em seus braços e conforte os corações de seus amigos e familiares, destacou odeputado Antônio Andrade, presidente da Assembleia Legislativa do Tocantins, em Nota de Pesar divulgada à imprensa nesta quarta-feira.

Governador

O governador Mauro Carlesse, por sua vez, também se manifestou sobre a morte de Liberato Póvoa, através de Nota de Pesar. “Recebi com pesar a notícia do falecimento do desembargador aposentado, ocorrido no dia 25, em Goiânia”.

Lembrando a trajetória dele, “como integrante do Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins, o desembargador Liberato Póvoa  ocupou cargos de destaque como o de presidente, vice-presidente e Corregedor-Geral da Justiça; além de ter sido professor de Direito Internacional na então Fundação Universidade do Tocantins (Unitins); e também membro fundador da Academia de Letras Jurídicas do Estado do Tocantins”.

E concluiu: “Rogo a Deus para que conforte familiares e amigos neste momento de grande comoção”.