Cerca de 823,1 mil cadastros para o auxílio emergencial de R$ 600 estão classificados como “inconclusivos” nos sistemas da Dataprev — responsável pela análise dos dados dos trabalhadores que solicitaram o benefício. Segundo o governo, neste caso, o titular ainda pode complementar sua inscrição por meio do aplicativo da Caixa para que seja feita uma nova análise.

Para refazer o cadastro, o trabalhador deve entrar no aplicativo “Caixa Auxílio Emergencial” e selecionar o ícone acompanhe a sua solicitação. Informe os dados cadastrais: CPF; data de nascimento e nome da mãe (há a opção de clicar em mãe desconhecida). A tela seguinte vai dizer o motivo para que o auxílio tenha sido negado. Alguns dos problemas que mais geram erros cadastrais estão relacionados a erros ou omissões na hora de informar os parentes que moram no mesmo endereço.

Segundo a Dataprev, dos 151.094.236 de cadastros recebidos até o dia 16 de agosto, 21.860 ainda estão em processamento. Os trabalhadores que recadastraram seus pedidos, por meio do aplicativo e site da Caixa | Auxílio Emergencial, entre os dias 3 de julho e 16 de agosto, já podem conferir o detalhamento do seu requerimento no portal de consultas da Dataprev.

Questionada sobre o prazo para análise, a Dataprev informou que “os pedidos foram retidos pelo Ministério da Cidadania para processamento adicional em função da complexidade de cenários”. O órgão acrescentou ainda que “trabalha para finalizar o trabalho com a maior brevidade possível”, sem divulgar uma data para conclusão.

Na última quarta-feira (dia 26), a Dataprev enviou os resultados de 604,6 mil requerimentos à Caixa. Do total, 275,3 mil cadastros como elegíveis por atenderem os critérios do governo. O pagamento do benefício para o novo grupo já foi incluído no cronograma de depósitos da Caixa.

O conjunto de informações englobou ainda aqueles cidadãos que aguardavam a primeira resposta do seu requerimento – retidos pelo órgão gestor em função da complexidade de cenários. As pessoas que fizeram seus pedidos por meio dos Correios também fazem parte do público analisado.

Pagamento

Na última sexta-feira (dia 28), a Caixa começou o segundo ciclo de pagamento do auxílio emergencial, que vai até o dia 30 de setembro, sendo pago conforme o mês de aniversário do beneficiário. Neste ciclo, 275 mil pessoas terão ainda a primeira parcela, pois foram recentemente habilitadas a receberem o benefício. Os demais vão receber outras parcelas.

Segundo a Caixa, foram dez mil novos aprovados por conta de cadastros feitos nos Correios, entre 2 de junho e 8 de julho, e 265 mil novos aprovados pelo Caixa Tem, dos quais 148 mil fizeram a contestação de 3 de julho a 16 de agosto e foram reavaliados pelo Ministério da Cidadania. Eles receberão a primeira parcela junto com os demais, que terão a segunda, a terceira, a quarta e até mesmo a quinta parcela. Seguindo o calendário. Serão feitos 47 milhões de pagamentos neste ciclo.