A Bélgica anunciou que vai aceitar a versão em inglês do certificado de vacinação completa emitido no Brasil pelo ConectSUS.

O documento deve atestar que os brasileiros interessados em entrar no país receberam as duas doses da vacina Pfizer ou AstraZeneca ou a dose única da Janssen pelo menos 14 dias antes do embarque. A Coronavac ainda não é aceita.

Além disso, os brasileiros – assim como outros estrangeiros que chegam à Bélgica – precisam preencher um formulário eletrônico online e o enviar 48 horas antes de chegar ao país, além de se submeter a um teste PCR no primeiro ou segundo dia após a chegada, mantendo quarentena até a obtenção do resultado.

A embaixada belga alerta, no entanto, que, como não há voos diretos entre o Brasil e a Bélgica, é necessário também checar previamente as exigências do país onde será feita a escala.