A Operação Fora Covid-19 inicia hoje, 18, contemplando as cidades que lideram o ranking de casos, são elas: Palmas, Araguaína, Gurupi, Cariri do Tocantins, Nova Olinda, São Miguel do Tocantins, Paraíso do Tocantins, Sítio Novo do Tocantins, Axixá do Tocantins, Araguatins, Colinas do Tocantins, Guaraí, Praia Norte, Maurilândia do Tocantins, Wanderlândia, Augustinópolis, Darcinópolis, Xambioá, Couto Magalhães e Tocantinópolis.

De acordo com o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Reginaldo Leandro da Silva, a operação ocorrerá por tempo indeterminado, enquanto houver necessidade de proporcionar ambientes mais limpos e seguros aos moradores desses municípios.

A aplicação do produto à base de água e hipoclorito será sempre das 18h às 00h, e será realizada nos locais de maior aglomeração de pessoas como bancos, lotéricas, pontos de ônibus, entre outros. Caminhões autobomba e caminhonetes do Corpo de Bombeiros serão utilizados na Operação.

“Essa é uma ação de descontaminação que será realizada em locais que possivelmente estão contaminados. Sempre que uma pessoa com o vírus frequenta locais como esses, ela acaba propagando a doença, fazendo com que outras pessoas se contaminem. Então é uma iniciativa muito assertiva do governador Mauro Carlesse. Se uma vida for preservada em decorrência dessa descontaminação, já valeu toda a operação”, afirma Reginaldo Leandro.

Isolamento Domiciliar durante a Operação

O comandante-geral, coronel Reginaldo Leandro da Silva, pede aos moradores que permaneçam em casa no momento da Operação. “É importante que o morador fique em casa, que não se aproxime, porque é um produto sensível à pele que pode causar irritações. Nossos homens estarão todos com equipamentos de proteção individual para evitar danos à pele, então é importante também que o morador se sensibilize e contribua ficando em casa no momento da desinfecção”.

“Esse trabalho, no entanto, não significa que o morador deve descuidar dos cuidados de higiene pessoal, muito pelo contrário. Todos devem usar máscaras, lavar as mãos, usar álcool em gel, manter o distanciamento das demais pessoas, para evitar a propagação do vírus”, complementa coronel Reginaldo Leandro.

O comandante-geral ressaltou que prefeitos de outras cidades que desejarem essa ação podem solicitar à Defesa Civil Estadual. “Vamos atender essas 20 cidades, mas outros municípios que estiverem com casos crescentes e que quiserem que a operação seja realizada, nós podemos fazer também”, finaliza.