O Procon Tocantins notificou a BRK Ambiental após denúncias de que a concessionária de água não estaria realizando a restauração de ruas e calçadas depois de fazer reparos na rede de distribuição em Dianópolis e Taguatinga, ambas na região sudeste do estado.

 

A BRK disse que todas as obras e intervenções realizadas pela empresa para implantar ou reparar redes de água e esgoto contam com a total recuperação do pavimento em cronograma específico. Tanto em Dianópolis quanto em Taguatinga, segunda a empresa, os pontos onde essa recuperação ainda estava pendente já estão mapeados pela equipe.

 

A concessionária afirmou ainda que uma reunião com o Procon foi realizada no último dia 24 para discussão deste assunto e todas as respostas ao órgão serão encaminhadas também oficialmente pela concessionária

 

Conforme o Procon, os reparos são de responsabilidade concessionária. A recomposição da pavimentação asfáltica deve ser feita em até 72 horas. No caso das calçadas o prazo é de 96 horas.

 

A obrigação está prevista em resolução da Agência Tocantinense de Regulação (ATR), “as restaurações muros, passeios e revestimentos ficarão sob responsabilidade do prestador de serviços nos casos de manutenção, ou quando o serviço realizado for de iniciativa e interesse do próprio prestador de serviços”.

 

Apesar disso, consumidores têm denunciado que a empresa teria causado diversos transtornos à população ao deixar buracos abertos.

 

O Procon afirmou que o assunto, inclusive foi discutido em uma reunião com a empresa e outras instituições no mês de junho. Agora foi dado um prazo de 48 horas para a BRK Ambiental justificar porque os problemas continuam sendo registrados.

 

“Em Dianópolis o transtorno é ainda maior, porque tem ainda o vazamento nas avenidas. Então solicitamos ainda um plano de ação ou um cronograma com prazos a serem cumpridas a fim de resolver em definitivo todos os problemas apresentados pelos consumidores”, explicou o superintendente do Procon Tocantins, Walter Viana.

 

Denuncie

Os consumidores que quiserem fazer denúncias ao Procon Tocantins devem entrar em contato por meio do Disque 151, ou por meio do Whats Denúncia no (63) 99216-6840. Para formalizar a denúncia é preciso checar bem as informações, apresentar comprovantes e fotos para subsidiar as ações de fiscalização.

Por  G1 Tocantins.