A segunda sessão ordinária da Câmara Municipal de Palmas foi encerrada sem a definição das comissões parlamentares, essenciais para a apreciação de qualquer matéria na Casa. A próxima sessão está convocada para data e hora regimentares, e terá início nesta quinta-feira, 11, às 9h.

A sessão da quarta-feira, 10, foi aberta e logo após a aprovação das atas da sessão de diplomação de Cinthia Ribeiro e André Gomes como prefeita e vice em Palmas, bem como da diplomação dos 19 vereadores eleitos em 2020, foi suspensa pela presidente Janad Valcari (Podemos), a pedido do vereador Rogério Freitas (MDB).

O pedido do emedebista foi protocolado para que os vereadores se dirigissem à sala de reuniões para discutir a composição das comissões parlamentares. Já no fim da manhã, a sessão ordinária foi retomada apenas para que fosse oficialmente encerrada pela presidente.

O ex-presidente da Casa, Marilon Barbosa (DEM), informou que, ao longo da manhã da quarta, foram discutidas “questões administrativas da Casa, debatendo melhorias, como a construção da sede”. Segundo Marilon, o orçamento de R$ 32 milhões para o legislativo palmense é “um problema na Casa” e esteve em pauta na reunião.

Marilon comunicou ainda que a reunião dos parlamentares segue, e definições quanto às comissões devem ser discutidas para serem tratadas nesta quinta-feira, 11, em Plenário.