A revisão do Código de Obras e Posturas, da Lei de Uso do Solo e do Plano Diretor da Capital foi defendida pelo vereador Lúcio Campelo (MDB) na sessão de quarta-feira, 25, da Câmara. Um requerimento neste sentido foi apresentado. O parlamentar afirma que tais documentos estão defasados diante do crescimento de Palmas.

 “É preciso suscitar essas pautas e garantir a atualização das mesmas para um desenvolvimento saudável para a cidade e seus moradores. Pessoa física ou jurídica. Caso as leis não sejam revistas, novos comerciantes correm o risco de perder seus empreendimentos ou ter graves prejuízos”, observou.