O Canadá autorizou o uso da vacina da Pfizer/BioNTech em adolescentes entre 12 e 15 anos no combate a pandemia de Covid-19. Até o momento, a vacina da Pfizer é a única utilizada para a imunização desta faixa etária.

A Health Canadá, agência de saúde canadense, autorizou em caráter provisório o uso, a importação e a publicidade da vacina para os jovens.

Vacina contra a Covid para crianças: entenda como os laboratórios testam a imunização nos pequenos

A decisão foi baseada nos resultados de ensaios clínicos de fase 3 da vacina, que avaliaram 2.260 adolescentes entre 12 e 15 anos nos Estados Unidos.

Em nota, a Pfizer afirmou que a autorização da vacina nesta faixa etária “representa um passo significativo para ajudar o governo canadense a ampliar seu programa de vacinação e começar a ajudar a proteger os adolescentes antes do início do próximo ano letivo.”

A vacina ainda não foi autorizada em crianças. Segundo o laboratório, já existem estudos e testes em andamento em crianças de 6 meses a 11 anos de idade.

Os estudos em menores de idade foram deixados, inicialmente, em segundo plano pelas farmacêuticas e universidades porque, primeiro, foi avaliada a segurança das vacinas nos adultos. Além disso, os mais jovens são o grupo que tem o menor risco de morrer por conta de complicações da Covid-19.

Em dezembro de 2020, a fabricante conseguiu a autorização para uso provisório da vacina em adolescentes a partir dos 16 anos.

Vacina da Pfizer

Em março deste ano, a Pfizer anunciou que começou a testar a vacina contra a Covid em crianças menores de 12 anos na esperança de ampliar a vacinação para esta faixa etária até o início de 2022.

A vacina da Pfizer/BioNTech é a única autorizada por agências reguladoras dos Estados Unidos e Europa para menores de idade: pode ser aplicada a partir dos 16 anos.

O estudo conta com a participação de 144 voluntários, sendo os mais jovens bebês de seis meses de idade. Em um segundo momento, o estudo deve ser ampliado a 4,5 mil voluntários para avaliar a segurança e a qualidade da produção de anticorpos nos mais jovens.

Ao todo, serão avaliadas três combinações de dosagem diferentes: com 10, 20 e 30 microgramas.