Fontes do Palácio Araguaia garantem que o governador Mauro Carlesse volta de Brasília nesta quarta-feira, 6, presidente do União Brasil no Tocantins, partido criado da fusão de DEM e PSL. A presidente regional democrata, deputada federal Dorinha Seabra Rezende, ficou como uma das vice-presidentes nacionais da nova legenda.

O inverso de 2019

Foi uma inversão da primeira disputa entre Carlesse e Dorinha em 2019, quando o governador ingressou no DEM querendo a presidência regional. Naquela época ele ficou como um dos vice-presidentes nacionais e a parlamentar com a presidência regional. Agora foi o contrário.

É Carlesse, diz Josi

Em release que distribuiu à imprensa na tarde desta quarta, a prefeita de Gurupi, Josi Nunes (PSL), que foi a Brasília para a convenção, confirmou que Carlesse é o presidente regional do União Brasil.

Alinhado em todos os Estados

Sobre a nova legenda, Josi disse que essa união de PSL e DEM é muito importante. “É um partido que vem com forte expressão política, e na próxima eleição já estará alinhado em todos os estados para as disputas eleitorais”, avaliou a prefeita.

46 prefeitos

No Tocantins, o União Brasil terá 46 prefeitos (27 do PSL e 19 do DEM), ou 33,1% dos 139 do Estado. Em novembro do ano passado, o MDB fez 23 e o PSD, 22.

Dois estaduais

Além do governador e uma deputada federal, Dorinha, o União Brasil terá dois deputados estaduais Antônio Andrade, presidente da Assembleia, e Vanda Monteiro, que presidiu o PSL até o ingresso de Carlesse este ano.