A Casa Branca declarou que não irá colaborar com a investigação do Congresso para um eventual impeachment do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

O Executivo “não vai participar deste exercício de teatro político partidarista”, diz uma carta enviada à Câmara de Representantes, controlada pelos democratas.

“Esta investigação carece de base constitucional, de qualquer pretensão de imparcialidade e, inclusive, do respeito mais elementar ao devido processo”, destaca a carta.

A Casa Branca destaca ainda o fato de que a Câmara não programou uma votação formal sobre o processo de impeachment.

Em meio à queda de braço entre Trump e os democratas, o governo bloqueou nesta terça-feira o depoimento do embaixador dos Estados Unidos junto à União Europeia, Gordon Sondland.

Trump é acusado de tentar obter ajuda da Ucrânia para conseguir informações comprometedoras do ex-vice-presidente democrata Joe Biden, principal pré-candidato democrata às eleições de 2020.