Energia elétrica: Tocantins é beneficiado com projeto da EDP que vai gerar R$ 10 milhões de economia para o Grupo Avenida ao longo de cinco anos

No Tocantins, as 7 lojas do grupo serão contempladas pelo projeto que ao todo terá cerca de 65 mil lâmpadas do Grupo Avenida trocadas em lojas de 11 estados. Energia poupada equivale ao gasto de 3.167 residências com consumo médio de 1.200 kWh/ano

A EDP, empresa que atua em todos os segmentos do setor elétrico e acionista da Investco e da Enerpeixe no Tocantins, realizou um projeto de eficiência energética que leva economia e sustentabilidade para o Grupo Avenida, uma das maiores redes de moda do Brasil. Com o investimento de R$ 4,5 milhões realizado pela EDP, 65 mil lâmpadas antigas da varejista foram substituídas por tecnologia LED em 109 lojas de 11 estados – Acre, Bahia, Espirito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Rondônia e Tocantins.

Com esse projeto, o Grupo Avenida terá uma economia de 3.819 MWh ao ano, o equivalente ao gasto de 3.167 residências com consumo médio de 1.200 kWh/ano. Com a redução, será evitada a emissão de 1.481,6 toneladas de CO2 durante cinco anos, o equivalente a 110 carros a menos nas ruas e ao plantio 1.837 árvores. A rede de lojas também terá uma redução nos seus custos de manutenção, já que a durabilidade das lâmpadas LED é de 50 mil horas (de três a quatro vezes maior do que a das lâmpadas fluorescentes). Além disso, o LED gera menos impacto ambiental  por não possuir mercúrio e outros componentes nocivos em sua composição. Tudo isso significa uma economia estimada em cerca de R$10 milhões ao longo de cinco anos.

O contrato renderá à EDP um faturamento estimado em R$ 8,2 milhões. “O projeto desenvolvido para o Grupo Avenida é mais um exemplo de como as empresas podem utilizar nossas soluções de eficiência energética para reduzir custos e elevar sua contribuição ao meio ambiente. A iniciativa proporcionará uma economia de 57% no consumo de energia, o que permitirá ao nosso cliente poupar cerca de R$ 2,4 milhões ao ano”, destaca Aldemir Spohr, diretor da EDP Soluções em Energia.

Cases de sucesso

A EDP Brasil assumiu um compromisso de disponibilizar produtos e serviços de eficiência energética para reduzir o consumo de energia de seus clientes. Até o momento cerca de 136 GWh foram economizados, o que evitou a emissão de aproximadamente 68.056 toneladas de CO2.

O compromisso foi assumido perante a Organização das Nações Unidas (ONU), na última Conferência das Partes sobre Mudanças Climáticas (COP 21, em Paris), e a aposta em serviços de eficiência energética e geração distribuída fazem parte dessa responsabilidade que compartilhamos com nossos parceiros.

Entre os casos de sucesso, destacam-se:

 MAKRO: amplo projeto de eficiência energética que implantou melhorias em 69 lojas da rede atacadista de supermercados em 2017. Com o investimento de R$ 60 milhões, a atacadista reduziu seu consumo de energia com iluminação em até 55%.

 COSTA DO SAUÍPE: Realizado no complexo hoteleiro Costa do Sauípe, na Bahia, o projeto desenvolvido em 2016 promoveu a modernização do sistema de climatização de dois hotéis do complexo turístico, com automação e retrofit dos chillers e motobombas. Ao final da remodelação, detectou-se a economia anual de 2.965 MWh, cerca de 34% superior à projetada.

 SHOPPING VITÓRIA: O projeto englobou o retrofit/modernização das instalações das Centrais de Água Gelada de duas alas do Shopping Center localizado no Espírito Santo, reduzindo custos e aumentando a confiabilidade da operação do sistema, permitindo que opere mesmo em caso de falha ou indisponibilidade de equipamentos principais. Economia: 2.782 MWh ao ano.

No último ano, os projetos de eficiência energética da EDP foram destaque na ONU. Durante a 73ª Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), em Nova York, a Companhia apresentou sua unidade de negócio responsável pelo desenvolvimento de projetos de soluções em energia no painel O futuro das cidades, parte da programação do evento O papel do setor privado no Brasil.

Os projetos apresentados reforçam os compromissos da Empresa com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) – plano de ação global definido pelas Nações Unidas para promover o desenvolvimento sustentável até 2030.

Sobre a EDP

Com mais de 20 anos de atuação, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. A Companhia, que tem mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, atua em Transmissão, Comercialização e Serviços de Energia, e possui 6 unidades de geração hidrelétrica e uma termelétrica. Em Distribuição, atende cerca de 3,4 milhões de clientes em São Paulo e no Espírito Santo. Recentemente, adquiriu participação na CELESC, em Santa Catarina. No Brasil, é referência em áreas como Inovação, Governança e Sustentabilidade, estando há 13 anos consecutivos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3. ( Conteúdo produzido pela assessoria de comunicação).


AL discute em audiência na quarta-feira jornada especial da saúde; MP é criticada por sindicatos

A Comissão de Administração, Trabalho, Defesa do Consumidor, Transportes, Desenvolvimento Urbano e Serviço Público (CATDC) da Assembleia Legislativa realiza na tarde de quarta-feira, 24, a partir das 14 horas, uma audiência pública para debater a Medida Provisória que trata da jornada de trabalho especial dos servidores da saúde [MP 05 de 2019]. O texto editado pelo governo estadual tramita na Casa de Leis, mas é alvo de críticas dos sindicatos representantes do funcionalismo.

O principal questionamento das entidades sindicais é que o texto da MP estabelece jornadas que extrapolam o limite estabelecido pela Lei 2.670 de 2012. “O Estado não está fazendo a correta conversão de jornada do regime normal para o regime especial de turno ininterrupto. Não queremos que nosso PCCR [Plano de Cargo, Carreira e Remuneração] seja rasgado pelo governo”, havia resumido ao CT o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde (Sintras), Manoel Miranda.

De acordo com os sindicatos, o governo estadual colocou um plantão a mais do que daria a conversão de horas do regime formal estabelecido pela Lei 2.670 para o de de turno ininterrupto.

Outro ponto criticado pelas entidades é o fato do texto não dar à possibilidade ao servidor de fazer um plantão de 24 horas. O texto limita plantões com  jornadas de no máximo 12 horas.

A redação da MP também altera a Gratificação pelo Exercício de Atividade Médica no Interior do Estado (GRIN) a médicos do Estado. A Lei 2.644 de 2012 estabelecia pagamentos de R$ 900 a R$ 2.400, a depender da jornada e do hospital no qual o profissional atuava. Com a Medida Provisória, o GRIN passa a ser computado  em percentual que varia de 6% a 12% sobre o vencimento inicial da categoria. As informações são do Portal CT.


Aprovados no concurso da Câmara realizam manifestação para cobrar nomeação

A Comissão dos candidatos aprovados no concurso da Câmara Municipal de Palmas 2018 ma manifestação na Casa de Leis para esta quinta-feira, 25, às 9h. O objetivo é cobrar a nomeação de candidatos que possuem direito subjetivo à nomeação, uma vez que nem todos os 44 candidatos nomeados em janeiro desse ano tomaram posse, pois 5 candidatos não tomaram posse e há uma determinação da Justiça para equiparação do número de comissionados e concursados em 50% e 50%, tendo em vista que atualmente a casa conta com 307 servidores em Comissão e apenas 84 servidores efetivos.

De acordo com a Comissão dos aprovados, não tomaram posse os candidatos nomeados em janeiro desse ano para os cargos de Auxiliar de Serviços Gerais (1), Assistente de Compras (1), Analista de Sistemas (1), Controle Interno (1) e Consultor Parlamentar (1) e, por isso, os próximos da lista de aprovados possuem direito subjetivo a nomeação e devem ser chamados para assumirem os respectivos cargos que encontram-se vagos, respeitando a ordem de classificação.

Além disso, os candidatos buscam saber quais providências o presidente da casa já tomou ou irá tomar no próximos dias a fim de dar cumprimento a determinação judicial do Juiz de Direito Dr. Rodrigo da Silva Perez de Araújo da 1ª Vara da Fazenda e Registros Públicos da Comarca de Palmas no dia 21 de janeiro desse ano nos autos nº 0013520-34.2018.827.2729 que obrigou a Câmara Municipal reduzir a quantidade excessiva de servidores comissionados até o dia 1 de agosto deste ano, nos seguintes termos “Como visto, resta indene de dúvidas que a submissão a concurso público constitui regra para o provimento de cargos dentro da estrutura da Administração, excepcionados os cargos de provimento em comissão, impondo-se, contudo, a observância da proporcionalidade entre o número de cargos de provimento efetivo e o de comissionados, de modo que estes não podem superar em quantia o número de servidores efetivos então existentes. determino à Câmara Municipal de Palmas do Estado do Tocantins que promova redução do número excessivo de cargos de provimento em comissão na proporção de 50%, à razão de 50% para cargos de provimento efetivo, até o prazo de 01.08.2019, realizando as exonerações necessárias”.


Siqueira Campos relembra fatos que marcaram criação do Tocantins: 'saudade imensa'

Acompanhado da esposa, Marilúcia, Siqueira observou cada um dos painéis relembrando a história e destacando nomes, datas e lugares numa demonstração de memória admirável.

A exposição estará aberta ao público com entrada gratuita no Memorial Coluna Prestes, em Palmas, até o dia 19 de junho.

Ao passar pelo painel que mostra a imagem do plenário da Câmara Federal numa sessão da Assembleia Nacional Constituinte em que foi aprovada a Constituição de 1988 e Siqueira, de braços erguidos brada “nós conseguimos, senhor presidente, nós conseguimos!”, se referindo ao presidente do Congresso na época, Ulisses Guimarães, Siqueira repetiu o gesto cheio de vigor e emoção.

“Aqui eu estou sendo sacudido pelas melhores lembranças com uma saudade imensa de tudo que aconteceu, de tudo que eu participei. E quando meus olhos batem nessa cidade, nessa realização, no meu sentimento de ter construído Palmas, construído o Tocantins com o seu nobre povo”, declarou Siqueira Campos ao final da visita.

Palestra

Na noite da  segunda-feira (22) aconteceu  no auditório do Memorial da Coluna Prestes uma palestra do jurista, ex-deputado federal, membro da Academia Tocantinense de Letras e primeiro vice- governador do Tocantins, Darci Martins Coelho. Ele fez uma explanação sobre a luta histórica pela libertação e divisão do norte goiano.

Darci Coelho criou, em 1987, o Comitê Pró-Criação do Estado do Tocantins que colheu mais 80 mil assinaturas em defesa da emenda popular encaminhada à Assembleia Nacional Constituinte propondo a criação do novo Estado.


UFT: Universidade tem 29 pedidos de patentes, outras dez em análise e 16 registros de software criados por nossos pesquisadores

 “Tudo o que poderia ter sido inventado já foi inventado”. Embora não se tenha certeza sobre o autor da frase, ela é normalmente atribuída a um homem que viveu entre o século XIX e o século XX. Mas nem é necessário pesquisar para ter a certeza de que muita coisa foi inventada de lá pra cá.

Depois disso a internet foi inventada em 1969 e Daiani dos Santos inventou o Duplo Twist Carpado em 2003, para ficar em apenas dois exemplos bem distintos. Sem contar que todo dia alguém inventa pelo menos um aplicativo para fazer de forma mais fácil aquilo que você precisa fazer.

Mas afinal existe um lugar apropriado para as pessoas inventarem algo? Isaac Newton inventou a Teoria da Gravidade após uma maçã cair em sua cabeça acidentalmente. Então, aparentemente dá para inventar algo até mesmo descansando nas sombras de uma macieira. Porém existe pelo menos um lugar em que as pessoas estão constantemente aprendendo, pesquisando e experimentando: a Universidade.

Como funciona isso na UFT?

A Universidade Federal do Tocantins temo Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT), setor ligado à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (Propesq) e que tem como objetivo a proteção, manutenção e transferência de propriedade intelectual. Os pesquisadores recebem atenção do NIT quanto à propriedade intelectual, legislação e realização de cursos e palestras, além de divulgar as tecnologias geradas na universidade.

As tecnologias inventadas pela UFT transformam-se em patentes: de invenção ou de modelo de utilidade, quando é uma adaptação de algo que já existe. Segundo a coordenadora do NIT, Claudia Auler, a maioria das patentes da UFT é de invenção. “Os depósitos de patente da UFT são em sua grande maioria das áreas de biotecnologia, química e engenharias”.

Segundo dados do NIT, a UFT tem uma patente internacional, depositada via Tratado de Cooperação de Patentes (PCT), além de 29 pedidos de patentes a nível nacional depositados no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) e dez pedidos em análise pelo NIT. Também foram concedidos 16 registros de programas de computador (software) criados na UFT, além de outros três registros de software em tramitação.

Para conhecer em detalhes todas as invenções da UFT, você pode ver oportfólio de patentes acesse aquie o portfólio de softwares aqui.

Quando existe a suspeita de que algo é de fato uma invenção, é preciso verificar se é algo realmente inédito, e a partir daí proteger o direito à propriedade intelectual para que os criadores sejam devidamente reconhecidos e até mesmo recompensados, se for o caso.

Aprendizado com a patente internacional

Há cerca de dois anos, a UFT registrou seu primeiro pedido de patente internacional. O produto é resultado da pesquisa desenvolvida durante a dissertação de mestrado defendida por Éber Souza, sob a orientação do professor Sérgio Ascêncio, docente nos programas de pós-graduação em Agroenergia e Rede Bionorte da UFT, e co-orientação do professor Adão Montel, docente na UFT. Os três são creditados como inventores da inovação, que consiste em produzir açúcar fermentescível – ou seja, que pode ser convertido em álcool (etanol) – tendo como fonte de matéria-prima a quitosana, presente em crustáceos e insetos.

Desde então, a coordenadora do NIT, Claudia Auler diz que o processo de proteção intelectual tem avançado na UFT. Em 2018 uma empresa especializada foi contratada para efetuar e manter a proteção da invenção nos países estratégicos, que no caso foram escolhidos China, EUA e Japão. “O próximo desafio é a valoração da invenção e a prospecção de empresas interessadas na tecnologia protegida para realizar a transferência tecnológica, entregando assim o processo para a sociedade e gerando ganhos econômicos tanto para os pesquisadores quanto para as instituições envolvidas, no caso a UFT e o IFTO”.


Governo do Estado confirma que novo concurso da PM deve ser anunciado ainda este ano

O Governo do Estado confirmou nesta segunda-feira, 22, que segue na organização de um novo concurso para a Polícia Militar (PM) e que o certame deverá ser anunciado ainda neste ano.  A confirmação vem após o anúncio de cancelamento do concurso anterior da PM, que ocorreu na última terça-feira, 16, em razão da comprovação de evidências de fraudes.

 Enquanto novos profissionais não são contratados, o Estado diz que vem implementando medidas alternativas para garantir a plena segurança do cidadão nos municípios tocantinenses como reforço em ações operacionais de policiais que trabalham em serviço administrativo e pagamento de horário extraordinário para que os policiais trabalhem durante o seu período de folga.

 Entenda

 Com mil vagas para soldado e mais 40 para oficial da PM, as provas do Concurso da Polícia Militar foram aplicadas no dia 11 de março de 2018 para quase 70 mil candidatos em 17 municípios do Estado.

 Após suspeita de irregularidades, foi aberto inquérito e a empresa Assessoria em Organização em Concursos Públicos Ltda. (AOCP) chegou a publicar uma lista de 16 candidatos identificados pela polícia como sendo os fraudadores. Na época, os candidatos foram eliminados.

 A tenente coronel, Lorena Alfonso, membro da comissão do concurso, explicou que o cancelamento da prova do concurso se deu porque a empresa AOCP descumpriu as cláusulas contratuais relacionadas à segurança e quebra de sigilo.


Tocantins zera número de mortes, mas tem aumento de acidentes nas rodovias federais

O Tocantins conseguiu zerar o número de mortes nas rodovias federais durante o período da Semana Santa. Apesar disso houve um aumento na quantidade de acidentes e pessoas feridas em relação ao mesmo período de 2018. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (22) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Conforme o balanço da operação Semana Santa, nenhuma morte foi registrada entre os dias 18 e 21 de abril. No ano passado, uma pessoa morreu.

Em relação aos acidente, em 2018 ocorreram seis ocorrências e sete pessoas ficaram feridas. Neste ano foram nove batidas e 11 feridos. Os acidentes considerados graves diminuíram, passando de três para dois, uma queda de 33%.

Ainda conforme a PRF, o trabalho de fiscalização foi direcionado para os locais e horários de maior incidência de acidentes e de flagrantes de irregulares.

Durante a operação foram registradas 332 autuações, 46% a mais que em 2018. As principais infrações registradas são por causa de ultrapassagens irregulares, embriaguez ao volante e falta de equipamentos de segurança.

Ainda de acordo com o balanço, nove motoristas foram flagrados dirigindo após ingerir bebida alcoólica. Número maior que em 2018, quando ocorreram seis flagrantes.

A PRF também prendeu cinco pessoas por crime ambiental, crime de trânsito, porte ilegal de drogas, roubo e apropriação indevida de veículo.


Dona Raimunda Quebradeira de Coco é homenageada com edital de cultura da UFT

Em homenagem a Dona Raimundo Quebradeira de Coco, a Universidade Federal do Tocantins (UFT), por meio da Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Comunitários (Proex), publicou edital de premiação de atividades de arte e cultura que leva o seu nome.

 Podem participar profissionais com formação acadêmica e/ou formação prática (comprovada através material gráfico de eventos, publicações em jornais, revistas ou similares) na área das artes ou linguagens afins e que atuem diretamente no campo das atividades artísticas e culturais.

 As inscrições são gratuitas e ocorrem até o dia 10 de maio, sendo realizadas por meio do e-mail cultura@uft.edu.br, com o envio dos documentos solicitados no respectivo edital. Cada candidato poderá apresentar somente uma proposta para a seleção.

 Para a pró-reitora de extensão e cultura, Maria Santana, este edital é importante porque os projetos selecionados terão o objetivo de fazer o papel entre a universidade e a comunidade externa, já que será aberto para população participar das atividades.

 Os projetos devem ser enquadrados nas seguintes áreas culturais: Artes visuais; Artesanato; Audiovisual; Circo; Cultura popular; Dança; Literatura; Música; e Teatro. Serão 12 iniciativas premiadas com valor individual de 4 mil reais.

 As propostas contempladas deverão ser realizadas entre os meses de agosto e novembro de 2019. As atividades deverão, prioritariamente, ser desenvolvidas em espaço físico externo aos Câmpus da Universidade Federal do Tocantins.

 Homenageada

 Raimunda Gomes da Silva, nascida em Novo Jardim (MA), popularmente conhecida como “Dona Raimunda Quebradeira de Coco”. Dona Raimunda foi quebradeira de coco durante toda a vida e é responsável pela mobilização e organização das mulheres da região do Bico do Papagaio na busca pelos seus direitos, pela cidadania e pela qualidade de vida. As ações desenvolvidas pela líder comunitária a levaram a contar sua experiência em vários países, em palestras e seminários e na UFT recebeu em 2009, o título de Doutora Honoris Causa, concedido pelo Consuni.

 Mais informações poderão ser obtidas na Diretoria de Extensão e Cultura da Proex, pelo telefone (63) 3229-4036 ou pelo e-mail: cultura@uft.edu.br.


Energisa: conta de luz vira boleto bancário a partir desta 2ª feira

A conta de luz da Energisa agora é boleto bancário, o que torna o processo de pagamento ainda mais fácil, rápido e seguro para os clientes. A novidade, que amplia a rede de recebimento da fatura, começa a ser implementada em todo o Tocantins a partir desta segunda-feira, 22/4.

Com a conta em boleto bancário, o cliente poderá fazer o pagamento em qualquer agência bancária, independente de convênio, além de casa lotérica, correspondente bancário e meios eletrônicos. Cristiana Rios, gerente corporativa de Recursos Financeiros, destaca que a iniciativa é uma forma de deixar o pagamento da conta mais prático e seguro, garantindo mais conforto para os clientes. "Por isso estamos investindo em facilidades que tragam mais conforto e praticidade no dia a dia", comenta.

Com o boleto bancário, o formato da conta fica um pouco maior e o cliente poderá pagar o mesmo após o vencimento, sendo que a cobrança de encargos por atraso no pagamento será feita apenas na próxima fatura. Cristiana destaca que o cliente também poderá escolher onde pagar, garantindo, assim, maior comodidade. "É fundamental que o cliente fique atento na hora de pagar pelo internet banking, aplicativo de celular ou no caixa eletrônico: ao invés de escolher conta de água, energia e telefone, ele deve optar por boleto bancário", orienta.

É importante destacar que o cliente poderá fazer o pagamento do boleto um dia após a emissão do documento.

Para tirar dúvidas sobre a mudança, o cliente terá à disposição um guia explicativo no site da Energisa (www.energisa.com.br), além dos outros Canais de Atendimento, como o 0800 721 3330, o aplicativo Energisa On e agências de atendimento presencial. Outras facilidades para o cliente na hora de pagar a conta, são o recebimento da fatura por e-mail e o débito automático. Para ter acesso aos serviços, basta entrar em contato com a Energisa.

 

 


Patrulhamento em rodovias contará com auxilio do Helicóptero da Segurança Pública

Durante o feriado prolongado da Semana Santa, o Centro Integrado de Operações Aéreas – CIOPAER, órgão ligado à Secretaria de Estado da Segurança Pública do Tocantins, em parceria com o Batalhão da Polícia Militar Rodoviário e de Divisas - BPMRED, estará realizando, com sua aeronave, o patrulhamento nas rodovias estaduais e pousos nos Postos Rodoviários Estaduais – PRE. A intenção é ampliar a fiscalização dos veículos e também estar mais disponível às intervenções de resgate e salvamento nas vias estaduais e federais.

Segundo o major da PM James Matos Duarte, que também é piloto da aeronave, durante o feriado prolongado, o CIOPAER estará sobrevoando a extensão das rodovias TO – 050 e TO-080. “Nosso objetivo é utilizar os dois vetores, sendo o patrulhamento aéreo e o patrulhamento rodoviário para dar mais sensação de segurança aos condutores”, afirmou. Ainda de acordo com o major, a previsão é que a aeronave esteja atuando até o domingo de Páscoa e, posteriormente, com ação rotineira, estendendo-se às demais vias do Estado.

Para o diretor do CIOPAER, o tenente coronel da Polícia Militar Ricardo Borges Ferrão, a proposta é que posteriormente a aeronave fiscalize as fronteiras do Tocantins. “A ideia é que o BPMRED receba regularmente o auxílio da aeronave nos patrulhamentos”, afirmou.

Na tarde da quinta-feira (18), o CIOPAER apoiou as equipes do BPMRED no PRE da rodovia TO-080, que liga a capital à Paraíso do Tocantins. Ressalta-se que o uso do helicóptero, nesta modalidade de policiamento, potencializa a fiscalização, pois amplia a visibilidade das vias e rotas de fuga, ofertando, também, mais segurança ao efetivo do solo.