Diversas autoridades se reuniram em Colinas do Tocantins para debater a implantação de um polo da Universidade de Gurupi (Unirg) na cidade.

Participaram do encontro o prefeito de Colinas, Dr. Kasarin, o vice-prefeito colinense Francisco Delmaires, a secretária de Educação local, Odaléa Barbosa, a prefeita de Gurupi, Josi Nunes, o deputado estadual Eduardo do Dertins, o deputado federal Carlos Gaguim, equipe da Fundação de Gurupi e outras autoridades.

Durante o evento, o prefeito Dr. Kasarin lembrou que ainda no início da gestão, em 28 de janeiro, ele e o deputado Eduardo do Dertins enviaram um documento para a direção da faculdade pedindo o polo e a implantação de vários cursos, entre eles, o de medicina.

“Sabemos que essa universidade possibilitará o acesso de muitas pessoas ao ensino superior, além de gerar emprego e renda, e estamos empenhados em buscar sempre o melhor para Colinas e região”, disse o prefeito.

A Unirg é uma instituição pública que cobra um valor de mensalidade bem mais acessível que as demais, o que é permitido pela Constituição Federal de 1988.

O deputado estadual Eduardo do Dertins disse que uma faculdade é fábrica de saberes. “Fico emocionado quando falo da Unirg, porque é um polo que proporciona cursos acessíveis. É um sonho concretizar aqui em Colinas e que as pessoas possam colher os frutos do que estamos plantando agora”, disse.

O deputado federal Carlos Gaguim acrescentou que irá disponibilizar verbas. “Vamos colocar recursos para o prédio assim que a parte técnica ficar pronta”, garantiu.

“Desde de que assumiu, o prefeito Dr. Kasarin e o deputado Eduardo do Dertins entraram em contato solicitando a expansão. Essa união de forças é importante. Um engenheiro vai avaliar a estrutura física para ver a viabilidade e o nosso grande objetivo é que seja concretizado”, disse a prefeita de Gurupi, Josi Nunes.

Ainda participaram do encontro o presidente da Fundação Unirg, Thiago Miranda, a reitora, Drª Sara Falcão, o presidente da Câmara, Leandro Coutinho, e os vereadores Washington Aires, Genival Dourado e Ricardo Parente.