Palmas é uma das capitais mais eficientes no combate à pandemia da Covid-19 conforme ranking nacional divulgado na última sexta-feira (10/9) pelo Instituto Votorantim. Nesta segunda (13), a prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB) antecipou que vai relaxar as medidas restritivas para a retomada de alguns segmentos comerciais.

O Índice de Eficácia no Enfrentamento da Pandemia de Covid (IEEP) se baseia na diferença entre o número de mortes por Covid-19 ocorridos em um município e o número de óbitos esperados. A projeção é calculada segundo as características de cada cidade como o tamanho, perfil da população e estrutura de saúde.

Conforme os especialistas que participaram da pesquisa, o índice de eficácia estava diretamente relacionado às medidas tomadas por gestores públicos e, principalmente, às orientações dadas a população sobre medidas de prevenção, distanciamento social e monitoramento de novos casos.

Sendo assim, Florianópolis, Porto Velho, Palmas, Cuiabá e São Luís foram as capitais que foram menos vulneráveis à pandemia.

Mais eficazes:

  1. Florianópolis (SC) – IEEP: 0,831
  2. São Paulo (SP) – IEEP: 0,786
  3. Palmas (TO) – IEEP: 0,749
  4. Belo Horizonte (MG) – IEEP: 0,748
  5. Curitiba (PR) – IEEP: 0,715

Já Cuiabá, Manaus, Porto Velho, João Pessoa e Rio de Janeiro, segundo o índice, são as capitais menos eficazes no combate às mortes.

Menos eficazes:

  1. Cuiabá (MT) – IEEP: 0,568
  2. Manaus (AM) – IEEP: 0,574
  3. Porto Velho (RO) – IEEP: 0,575
  4. João Pessoa (PB) – IEEP: 0,580
  5. Rio de Janeiro (RJ) – IEEP: 0,595

No twitter, Cinthia Ribeiro disse que começou a semana com reunião do Centro de Operações de Emergências da Saúde (COE), tendo Palmas como a 3ª capital mais eficiente no combate ao vírus.

“Com avanço da vacinação e o quadro epidemiológico mais favorável, poderemos avançar na retomada de alguns seguimentos, ampliação de público e horários de funcionamento também”, tuitou a prefeita.

A reportagem apurou que as novas medidas de flexibilização devem atender principalmente ao setor de eventos e bares e restaurantes com a ampliação do horário de antedimento ao público, cujo horário de funcionamento vai até a meia-noite.

A expectativa é de que as novas medidas sejam publicadas ainda hoje no Diário Oficial do Município (DOM).