Moradores da região sul de Palmas reclamam das condições precárias da avenida Francisco Galvão da Cruz, em Taquaralto. Muitos buracos tomam um trecho da rua e em períodos chuvosos o local fica completamente alagado. Além da avenida dar acesso aos comércios, há ainda uma escola de tempo integral, colégio particular e uma delegacia. Comerciantes temem que o problema prejudique as vendas e o número de clientes.

“Muitas pessoas não vão nem querer passar por aqui. Pode passar a primeira vez, mas a segunda vez não vão querer passar devido a situação da rua”, explica uma das comerciantes.

Moradores relatam que ao caminhar nas calçadas, veículos passam em alta velocidade e acabam jogando água do buraco nos pedestres. Em dias de muita chuva, o nível da água sobe e chega a entrar nos estabelecimentos.

Motoristas que passam pelo local com frequência acabam saindo no prejuízo porque ao passar pelos buracos da rua, o carro acaba sendo danificado. Alguns motoristas arriscam dirigir pela contramão, já motociclistas decidem passar pela calçada para não cair nas crateras.

“A situação fica difícil. Todo mês é um gasto terrível, amortecedor vai embora. E é dramático, você passa e o buraco às vezes tá tapado com a água nesse tempo da chuva e você não vê, e cai dentro”, comentou o motorista Daniel Ribeiro.

“A gente que trabalha de moto boy, sempre passa tentando evitar prejudicar a moto entendeu, porque a moto é da empresa. Aí o único jeito de desviar é por cima das calçadas”, comentou o motociclista Arlon Lima.

A Prefeitura de Palmas informou por meio de nota que a próxima manutenção com piche na região de Taquaralto, será realizada na 1ª quinzena de janeiro de 2020. Não foi dito quando será feita uma restauração completa do asfalto.

As informações são do  G1 Tocantins.