O governador do Tocantins, Mauro Carlesse, recebeu na terça-feira, 17, em seu Gabinete, no Palácio Araguaia, representantes do Banco do Brasil para assinatura do contrato de renovação da concessão da folha de pagamento dos servidores públicos do Estado e a liberação dos consignados junto à instituição financeira, que estavam suspensos há cerca de três meses.

De acordo com o governador Carlesse, o acordo foi firmado com vantagens aos servidores públicos. “Com a assinatura do contrato, o Banco do Brasil vai garantir benefícios diretos aos servidores como menor taxa de juro para empréstimo e também comodidade, já que eles não precisarão mudar suas contas de banco. Além disso, destravamos também a questão dos empréstimos consignados junto ao Banco”, afirmou.

O superintendente do Banco do Brasil no Tocantins, Raul Wahbe, confirmou que a renovação vai proporcionar aos servidores públicos do Estado acesso a taxas de juros mais baratas como a do crédito consignado em folha; crédito imobiliário; e crédito para aquisição de veículo. “Isso vai proporcionar que muitas pessoas consigam passar o fim de ano mais tranquilo. Essa reabertura do crédito consignado já acontece a partir de hoje [17]”, adiantou.

O secretário de Estado da Fazenda e do Planejamento, Sandro Henrique Armando, explicou que, com a assinatura do contrato, o Banco do Brasil permanecerá com exclusividade da folha de pagamento do Estado pelos próximos cinco anos. “O Banco do Brasil foi a instituição que reuniu a melhor proposta e a melhor condição para todos os servidores e para o Estado, como as taxas de juro menores e agilidade no processamento da folha de pagamento”, argumentou.