A aplicação das provas do concurso da Polícia Militar do Tocantins ocorreu de forma tranquila no domingo (06), sem nenhuma intercorrência em relação à segurança da seleção. Cerca de 28 mil candidatos fizeram o exame.

Durante uma coletiva de imprensa realizada no final da tarde deste domingo, o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Júlio Manoel da Silva Neto, e o presidente da comissão do concurso, coronel Marizon Mendes Marques, divulgaram o balanço da realização do certame no Tocantins e no Distrito Federal.

ABSTENÇÕES

Dos 42.223 candidatos inscritos às 950 vagas para o cargo de soldado do quadro operacional, 34,37% não comparecerem aos locais de aplicação das provas. Já para o quadro da saúde, 54,63% dos inscritos não se apresentaram e 60,90% dos candidatos ao quadro de praças músicos também não compareceram no dia da avaliação.

ELIMINAÇÕES

Ainda de acordo com o balanço, ao todo, 32 candidatos foram eliminados nos locais de provas por descumprimento das normas estabelecidas em edital, tais como o uso de celulares e relógios digitais durante a avaliação ou uso de objetos (canetas, garrafas) confeccionados com material não transparente, mas não prejudicaram a aplicação das provas.

Durante as provas foram realizados todos os protocolos de segurança contra a covid-19 com distanciamento entre os candidatos, disponibilização de álcool em gel nos locais e lotação máxima de 50% da capacidade de cada sala.

Para o comandante-geral da PM, a realização do concurso refletirá, em breve, na melhora da segurança do cidadão tocantinense. “A realização do certame ocorreu dentro do previsto, sem ocorrências registradas pela PM nos 163 locais de provas e, com esse fim, a primeira etapa foi um sucesso, trazendo de volta a confiança e credibilidade nos concursos realizados pela Polícia Militar do Tocantins”, disse.

“Com a primeira etapa concluída, agora é seguir com o cronograma da empresa responsável pelo concurso e a Polícia Militar está confiante que realmente teremos um certame tranquilo e que em breve conheceremos nossos próximos guerreiros da PMTO”, acrescentou.

Próximas etapas

De acordo com o cronograma de datas prováveis do concurso, a divulgação do gabarito oficial preliminar da prova objetiva e o padrão preliminar de respostas da prova de redação devem ser divulgados nesta terça-feira (08), a partir das 19 horas.

O candidato que tiver interesse na interposição de recursos poderá fazer no prazo do dia 9 e 10 de junho. A divulgação do edital de resultado final na prova objetiva e de resultado provisório na prova de redação ocorrerá no dia 29 de junho.

As datas e os períodos estabelecidos no cronograma são passíveis de alteração, conforme necessidade e conveniência da PMTO e do Cebraspe, a banca organizadora. Caso haja alteração, esta será previamente comunicada por meio de edital.

Após a divulgação do resultado final da prova objetiva, haverá as novas fases do concurso: exame de capacidade física, avaliação psicológica e investigação social e da vida pregressa. Ao final, haverá a divulgado o resultado final do certame e os aprovados convocados para o curso de formação na Academia Policial Militar Tiradentes da PMTO.

As informaçoes da PMTO.