Tem direito a 20% de desconto no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) 2018 de Palmas o contribuinte que optar pelo pagamento à vista até o dia 28 de fevereiro. Além deste desconto, aquele proprietário de imóvel que estiver adimplente em todos os impostos municipais também recebe 10% de desconto no imposto.

Estes descontos são acumuláveis, segundo explica o  superintendente de Administração Tributária da Secretaria de Finanças, Murilo Galhardo, assim como o desconto aplicado a partir de  créditos obtidos no Programa Nota Quente Palmense.

O programa converte em pontos 10% do Imposto Sobre Serviços (ISS) arrecadado com a emissão de cada nota fiscal de prestação de serviço registrada no CPF do contratante. Assim, para os contribuintes que aderirem ao Nota Quente e pagarem à vista até o dia 28, os descontos podem chegar a 30%.

Em 2017, 150 proprietários de imóveis na Capital obtiveram descontos no valor final do IPTU 2018, graças ao programa.

A cirurgiã-dentista Luciana Ruela é um destes contribuintes.  Ela usou todo o saldo que tinha em créditos para obter desconto de R$ 7,80 no IPTU de seu imóvel. “Acho que valeu a pena sim, todo desconto é válido. Não optei por participar dos sorteios de prêmios para não tentar a sorte e ter o mais certo que seria o desconto que é concreto”, explicou.

O valor do desconto atribuído a cada um dos 150 contribuintes que solicitaram a conversão de créditos varia conforme a quantidade e valores das notas fiscais convertidas no Nota Quente.

Qualquer proprietário de imóvel pode fazer jus a esta dedução desde que exija de prestadores de serviço, como cursos de idiomas, academias, prestadores de serviço de instalação ou manutenção predial, etc, nota fiscal em seu CPF.

Em seguida, é necessário se cadastrar no hotsite do Nota Quente Palmense e pedir a conversão dos créditos obtidos no programa para a opção de desconto no IPTU.  Já para obter dedução no imposto 2019, o contribuinte deve solicitar a conversão de créditos em desconto até 30 de novembro de 2018.