Presidente estadual do Podemos e pré-candidato a governador do Tocantins, Ronaldo Dimas cumpriu agenda em Gurupi no fim de semana passado. Na ocasião, ele teve diversas reuniões com empresários, industriários, líderes políticos e personalidades.

Na cidade, Dimas concedeu entrevista à rádio Nova FM. Nela, o ex-prefeito de Araguaína por dois mandatos (2013-2020) detalhou proposta para o Estado ter um plano permanente de investimentos diretos nos municípios com recursos próprios para a área de infraestrutura urbana.

“Estou em uma caminhada para construir um plano de governo. Há várias situações extremamente necessárias. Por exemplo, vamos reservar 2,5% do orçamento, hoje cerca de R$ 300 milhões, para investimentos de infraestrutura urbana nos municípios. Há muito tempo o Estado não faz qualquer investimento tirando aqueles obrigatórios como a educação”, destacou Dimas.

Para ele, bem direcionado e com projetos sérios, esse dinheiro tem totais condições de fazer muita diferença nos municípios, ajudando a dar qualidade de vida para a população.

Além disso, Dimas ainda defendeu a reserva de outros R$ 50 milhões para investimentos nos dez maiores municípios do Estado. Com isso, seriam cerca de R$ 350 milhões a mais de investimentos públicos em infraestrutura já a partir de 2023.

Para se ter uma ideia da dimensão da proposta, esses valores superam todos os investimentos pagos pelo Estado em 2020 e são muito superiores aos montantes de 2019.

Desenvolvimento com a participação da iniciativa privada

Dimas ainda teve reuniões com o Sistema S na cidade e com a Acig (Associação Comercial e Industrial de Gurupi). Ele defende que o desenvolvimento econômico e a geração de emprego sejam induzidos pelo poder público, e não exclusivamente via iniciativa privada.

“Já passou da hora do Estado ter um planejamento para médio e longo prazo. Chega de tapar buraco. Quando há seriedade no planejamento, a iniciativa privada vem junto”, resumiu Dimas.

Ele também lembrou que, quando assumiu o comando da Prefeitura de Araguaína, o município tinha uma população de 150 mil habitantes e 12 mil famílias inscritas no programa Bolsa Família. Agora, a cidade possui cerca de 190 mil habitantes e o número de famílias no programa social caiu para 8 mil. “Isso acontece porque teve geração de emprego, geração de renda e população melhorou de vida”, pontuou Dimas.

O pré-candidato também defendeu a necessidade de recapear ou reconstruir 3 mil quilômetros de rodovia no estado que estão em péssimas condições, além da pavimentação de outros 300 quilômetros. Dimas lembrou que em Araguaína, com cerca de 5% do Orçamento do Estado, foram pavimentados ou reconstruídos por completo 600 quilômetros de vias públicas, tudo com asfalto de alta qualidade CBUQ.

Outro ponto ressaltado por Dimas foi um programa habitacional. Para ele, é inadmissível o Estado não ter feito um trabalho efetivo para combater o déficit habitacional. Nos oitos anos de gestão de Dimas em Araguaína, 6 mil casas foram entregues, transformando a cidade.

Agenda em Gurupi com muitas conversas

Parte da agenda em Gurupi foi feita ao lado do prefeito de Araguaína, Wagner Rodrigues, que é um filho da região. Dimas teve encontros com lojistas da cidade, com os presidentes dos sindicatos da indústria do arroz, da indústria metalúrgica e da indústria da carne.

Também participou de evento do Patriotas, partido que respalda a pré-candidatura de Dimas, teve reunião com o ex-prefeito Laurez Moreira, o suplente de deputado estadual Kita Maciel, empresários, entre outros.