Você conhece os métodos para educar uma criança? Um dos que voltou à cena recentemente é a disciplina positiva —livros sobre o tema estão entre os mais vendidos da Amazon, por exemplo. A razão para isso, entre outros motivos, é a própria pandemia, que colocou em debate a saúde mental das crianças.

 Apesar de estar na moda, a abordagem foi formulada há mais de 30 anos pela psicóloga e educadora norte-americana Jane Nelsen, que escreveu um livro homônimo e desenvolveu o conceito a partir das teorias dos psiquiatras Alfred Adler (1870-1937) e Rudolf Dreikurs (1897-1972). A ideia principal é a de que as crianças têm o direito à dignidade e ao respeito, assim como qualquer outra pessoa,e devem ser ouvidas e compreendidas.

 

São cinco os pilares fundamentais da disciplina positiva: 

 

1- Conexão, que surge quando os filhos sentem um senso de pertencimento e de importância na família; 

 

2- Respeito mútuo, que prega ser gentil e firme ao mesmo tempo; 

 

3- Eficácia em longo prazo, por considerar o que as crianças estão pensando, sentindo e fazendo; 

 

4- Foco no desenvolvimento de habilidades de vida (responsabilidade, cooperação, autodisciplina, resolução de problemas e empatia, entre outros);

 

5- Estímulo à autonomia.