Mais dois óbitos por complicações decorrentes da Covid-19 foram  informados no Boletim Epidemiológico de Palmas desta segunda-feira, 31. As vítimas são uma mulher de 72 anos e um homem de 65 anos, ambos sem comorbidades declaradas. Com os dois casos, a Capital alcança a marca de 91 óbitos pela doença e a taxa de letalidade é de 0,7% em relação ao total de casos acumulados.

Após realizar 127 testes, o município soma mais 72 casos confirmados da enfermidade, sendo que 46 dos infectados são mulheres e 26 são homens. Todos cumprem isolamento domiciliar. Palmas, até o momento, registra 12.330 casos acumulados da doença, dos quais 6.285 estão recuperados, 5.891 estão isolados e 63 encontram-se internados.

A cidade também contabiliza 50.818 notificações para síndrome gripal. Do número, 14.765 diagnósticos foram descartados para a Covid-19.

A respeito dos testes, o Laboratório Municipal de Palmas testou 51 pacientes (três confirmados), o Laboratório Central do Estado (Lacen-TO) fez 20 testes (13 positivos) e a rede privada e as farmácias testaram 56 pacientes (todos positivos).

Internações e estado de saúde

Sobre número de residentes da Capital internados no município com a doença, 28 são graves e 35 são estáveis. Suspeitos para a doença internados somam 36 pacientes.

A respeito de pessoas de outros locais hospitalizadas em Palmas, 41 estão internadas com a doença no município (31 graves e dez estáveis). Outros oito pacientes estão internados com suspeita para a enfermidade.

A taxa de ocupação hospitalar de Palmas é de 70%. Leitos clínicos públicos e privados da Capital estão 66,7% ocupados. Já os leitos públicos e privados de UTIs estão 73,8% ocupados.