A cúpula do Movimento Democrático Brasileiro (MDB) promoveu na manhã desta quarta-feira, 25, uma reunião com o tema “Todos Por um Só Brasil”. A deputada federal Dulce Miranda (MDB) prestigiou o evento realizado no auditório da Fundação Ulysses Guimarães, em Brasília. Ex-presidente da República, Michel Temer esteve entre os presentes..

Brasil está fraturado

O presidente da Fundação Ulyssses Guimarães, Alceu Moreira, afirmou que a entidade propõe um conjunto de ideias, e que o Brasil carece, mais do que nunca de solidariedade, da “contribuição de todos para todos, sem nenhum tipo de exclusão”. A afirmação se dá no contexto de polaridade pelo qual a política atravessa. “O País encontra-se dividido, fraturado, não mais se reconhecendo em valores e princípios comuns”, observou.

Posicionamento estratégico 

O presidente nacional do MDB, deputado federal Baleia Rossi, também demonstrou preocupação neste sentido, e, para ele, o tema proposto do encontro dará início às discussões com ideias que irão nortear o debate da sigla rumo às eleições de 2022, dentro de um projeto de Proposta de Posicionamento Estratégico.

MDB sabe o momento de dizer chega

Michel Temer também demonstrou preocupação com a atual conjuntura, e pensa que é o momento oportuno de união da sigla. “O MDB sempre foi um partido que sabe o momento de dizer chega; de dizer basta; o momento em dizer que não dá mais. Foi assim, na verdade, na redemocratização do País.  O MDB vem vindo, vem vindo, mas agora é a hora de uma só fala para todos nós”, afirmou.

Sintonia

Dulce Miranda avaliou o encontro como essencial para todos os filiados do MDB, uma vez que é importante para os associados do Brasil estarem em sintonia com o mesmo discurso. “O partido está realmente preocupado com o Brasil, e temos homens e mulheres, a exemplo do nosso líder na Câmara, Isnaldo Bulhões engajados neste processo de progresso para a nação”, finalizou.