Em meio à dúvida sobre quem vai assumir o comando do novo União Brasil, resultado da fusão de DEM e PSL, o presidente da Assembleia, Antônio Andrade, e a deputada estadual Vanda Monteiro, estiveram em Brasília, semana passada, com o primeiro vice-presidente nacional da poderosa sigla, Antônio Rueda.

Andrade e Vanda são do PSL (ela vice-presidente regional) e muito ligados ao presidente do partido no Tocantins, o governador afastado Mauro Carlesse (PSL). Por isso, nos bastidores, o que se diz é que eles foram discutir com Rueda o futuro do comando do União Brasil no Estado.

Carlesse x Dorinha

Após o afastamento de Carlesse, a expectativa é de que a presidência regional fique com a deputada federal Dorinha Seabra Rezende, que comanda o DEM no Tocantins e é uma dos vice-presidentes nacionais do União Brasil.

Contudo, fontes do grupo de Carlesse garantem que não será tão fácil assim.