Em nota divulgada  o governador Mauro Carlesse (PSL) reafirmou seu discurso e críticas direcionadas a alguns políticos do Tocantins feitas na última segunda-feira, 28, em coletiva de imprensa realizada em Gurupi, durante visitação nas obras do Hospital Geral. Carlesse se manifestou após nota divulgada pela Bancada Federal no Congresso reagindo à sua postura e ao seu discurso, dizendo que era feita “política velha, política suja, de tapete velho”. Na nota, o governador disse que “para aqueles que a carapuça serviu, só posso lamentar e sugerir reflexão sobre os próprios atos”.

Carlesse ressaltou que críticas fazem parte do debate político e que a população é penalizada quando todos não trabalham em prol do Estado e da população. “Ser rival do Governo e do Governador penaliza a população, pois quando os demais parlamentares não direcionam recursos para o Poder Executivo Estadual, deixam os cidadãos tocantinenses sem acesso a benefícios. Essa é a velha política. E é contra ela que temos trabalhado e a população também”, diz um trecho da nota.

 O governador destacou que criticou “aqueles que não tem trabalho com resultado para apresentar” porque o Tocantins não aceita mais velhas práticas “que só visam a continuidade no Poder de pessoas e famílias que se beneficiam sem oferecer ao povo tocantinense qualquer perspectiva de melhora coletiva”. Para  aqueles que a carapuça serviu, só posso lamentar e sugerir reflexão sobre os próprios atos.

 Por fim, o governador reafirmou que o “Tocantins poderia estar ainda melhor, se tivesse apoio de toda a bancada federal”, e não deixou de citar que o Estado tem tido apoio dos deputados federais Carlos Gaguim, Osires Damaso, Eli Borges e do senador Eduardo Gomes.

Entenda

 A bancada do Tocantins no Congresso Nacional, liderada pelo deputado federal Tiago Dimas, emitiu uma nota em que reage ao discurso em que o governador Mauro Carlesse proferiu na última segunda-feira, 28, se dirigindo a alguns políticos do Estado como “política suja, de tapete velho”, afirmando que o Estado precisa de  “sangue novo, de pessoas que têm compromisso com o povo”.

Ontem, 29, a Bancada Federal divulgou nota lamentando a postura. “O gestor opta por ataques de baixíssimo nível, utilizando expressões não condizentes com alguém que deve ditar os comandos para o bom funcionamento da gestão pública”, ressalta um trecho da nota. O documento também diz que todos os deputados federais e senadores do Tocantins jamais vão se furtar de ajudar os municípios, o Estado e sua população.

Confira a nota do governador Mauro Carlesse na íntegra:

Resposta do Governador Mauro Carlesse à manifestação de integrantes da velha política

O Tocantins supera todos os dias as adversidades deixadas como herança pela má gestão dos recursos públicos. Diferente do passado recente, hoje os servidores públicos recebem adiantado, possuem um benefício de saúde que funciona e atende com qualidade. E estamos discutindo com as categorias, os direitos que concederam no passado, mas não cumpriram. Isso também iremos resgatar.

O Tocantins ficou mais de 10 anos sem investir em grandes obras por conta dessa má gestão. Desenquadrado da Lei de Responsabilidade Fiscal, viu obras como a nova ponte de Porto Nacional, os Hospitais de Gurupi e Araguaína, as grandes escolas de Tempo Integral e a construção de novas rodovias e a recuperação das já existentes ficarem só na promessa.

A realidade do Tocantins agora é outra. No meu Governo, o Tocantins voltou a ter credibilidade porque temos compromisso com a nossa população. As grandes obras estão em execução e já começam a ser entregues. Como a recuperação das rodovias no Sudeste e também entre Porto Nacional a Brejinho; Porto Nacional a Monte do Carmo; Paraiso a Palmas; Paraíso a Chapada de Areia; O Hospital Geral de Gurupi deixou de ser um elefante branco pra virar uma obra que dá orgulho para toda a região Sul. A Escola de Tempo Integral do Maracanã, em Araguaína também já entregue. E no início do ano que vem, também iremos entregar a primeira etapa do Hospital Geral de Araguaína, assim como todas as demais ETIs retomadas e em construção em Palmas, Paraíso, Pedro Afonso, Araguaína  e Araguatins, além de uma nova em Gurupi.

E muitas outras obras como a reconstrução da rodovia que corta o DAIARA em Araguaína, pontes sobre o rio Manuel Alves e o Formiga, no Sudeste; a Unitins gratuita e com curso de Medicina no Bico do Papagaio; o retorno da Unitins a Paraíso e o asfalto que começa chegar no Jalapão. Enfim, obras e ações por todas as regiões. Mas o Tocantins poderia estar ainda melhor, se tivesse apoio de toda a bancada federal.

Hoje, podemos elencar o apoio dos deputados federais Carlos Gaguim, Osires Damaso e Eli Borges. E também do nosso grande senador Eduardo Gomes. Quatro incansáveis parlamentares que, em todos os momentos, tem contribuído muito para que grandes obras e grandes projetos sejam alavancados no Tocantins em benefício da população.

Críticas fazem parte do debate político. Mas entendo que no exercício do mandato, é preciso que todos trabalhem em prol do Estado e da população. Ser rival do Governo e do Governador penaliza a população, pois quando os demais parlamentares não direcionam recursos para o Poder Executivo Estadual, deixam os cidadãos tocantinenses sem acesso a benefícios. Essa é a velha política. E é contra ela que temos trabalhado e a população também.

Quando critico aqueles que não tem trabalho com resultado para apresentar para a nossa população, o faço com a certeza que o Tocantins não aceita mais essas velhas práticas, que só visam a continuidade no Poder de pessoas e famílias que se beneficiam sem oferecer ao povo tocantinense qualquer perspectiva de melhora coletiva. Vamos seguir trabalhando e construindo um Tocantins muito melhor do que era. E para aqueles que a carapuça serviu, só posso lamentar e sugerir reflexão sobre os próprios atos.

Mauro Carlesse

Governador do Estado do Tocantins