O presidente dos EUA, Donald Trump, irá participar de um evento com eleitores em um estúdio da NBC News na quinta-feira (15), no mesmo horário em que seu adversário nas eleições, o democrata Joe Biden, estará ao vivo em um programa semelhante na ABC News.

Os dois eventos, no formato town hall, contam com um mediador e eleitores que farão perguntas aos candidatos, e serão exibidos a partir das 21 horas (horário de Brasília) no lugar de um debate inicialmente programado, no qual Trump e Biden se enfrentariam diretamente, em Miami, na Flórida.

A principal diferença será a duração: Trump terá uma hora, e Biden, noventa minutos.

O debate foi cancelado depois que o presidente se recusou a participar de uma versão virtual, por medida de segurança, após contrair Covid-19.

Segundo a NBC, para participar do evento desta quinta, Trump apresentou um teste negativo para o coronavírus, realizado pelo Instituto Nacional de Saúde, e revisado pelo Dr. Anthony Fauci, infectologista chefe da força-tarefa de combate ao coronavírus da Casa Branca. O Dr. Fauci atestou que Trump não está mais transmitindo o vírus.

Ainda assim, o presidente ficará a uma distância de mais de 3,5 metros da mediadora Savannah Guthrie e dos membros da plateia. Os eleitores só entrarão no estúdio após terem suas temperaturas medidas e deverão usar máscaras o tempo todo.

Após o anúncio, a NBC foi alvo de críticas, especialmente por agendar o programa para o mesmo horário do evento de Biden, impedindo que o público assista aos dois. Segundo a agência Associated Press, um pedido de boicote ao town hall de Trump entrou nos trending topics do Twitter pouco depois.

Donald Trump e Joe Biden ainda têm um debate marcado para 22 de outubro, em Nashville, Tennessee, com mediação de Kristen Welker, da NBC News.