O engenheiro agrônomo Jefferson Yury Barbosa, que desapareceu no lago de Palmas após um barco virar, foi encontrado morto na madrugada do domingo (3). De acordo com a Marinha, o corpo da vítima, de 35 anos, foi encontrado pelos bombeiros.

O acidente aconteceu durante uma chuva com ventania. Jefferson estava em uma embarcação de pequeno porte com mais quatro pessoas, todos da cidade de Confresa (MT). Os amigos foram resgatados por outra lancha que passava pela região, mas ele ficou desaparecido.

Os bombeiros foram chamados ao local e só encontraram o corpo da vítima depois de horas de buscas, após a meia-noite. Os ocupantes relataram que todas as pessoas usavam coletes salva vidas, inclusive Jefferson.

O Corpo de Bombeiros informou que o homem estava a cerca de 100 metros da embarcação. Após o resgate, o corpo da vítima foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Palmas.

Já na manhã do  domingo (3) a embarcação foi retirada da água. Ela estava a cerca de 400 metros da Ilha do Paulo, sentido Ilha das Cobras.

Durante a tempestade, os bombeiros foram chamados também por ocupantes de dois flutuantes que estavam em situação de risco debaixo da ponte da Amizade. As embarcações foram levadas para a margem do lado de Luzimangues. Apesar do susto, as pessoas que estavam a bordo não ficaram feridas.

O Instituto Nacional de Meteorologia elevou de amarelo para laranja o risco de tempestades na região de Palmas. O alerta laranja significa que os moradores devem esperar até 100 milímetros de chuva por dia e rajadas de vento que podem chegar a até 100 km/h. Há risco moderado de alagamentos, quedas de árvores e placas de publicidade, além das quedas de raios.

As informações são do  G1 Tocantins.