O governo dos Estados Unidos anunciou o envio de ajuda ao Amazonas para o enfrentamento ao coronavírus, após o estado entrar em colapso hospitalar pelo rápido aumento nos casos de Covid-19.

Segundo nota divulgada pela Embaixada americana no Brasil, a iniciativa batizada de “Juntos Pelo Amazonas” une os setores público e privado dos EUA e arrecadou mais de US$ 300 mil em doações. A ação ajudou a fornecer equipamentos de proteção aos trabalhadores da saúde para o estado.

Além disso, a iniciativa liderada pelos EUA doou R$ 1,6 milhão para o programa Unidos Contra a Covid-19 da Fiocruz. Esse montante, informa a Embaixada, será destinado à construção de usinas para a produção de oxigênio — insumo que ficou em falta nos hospitais de Manaus há duas semanas e amplificou o caos hospitalar no Amazonas. Até esta quinta, cinco usinas já foram doadas.

A representação dos EUA no Brasil disse em nota que o governo americano continua a “fomentar conversas regulares com o governo federal sobre a situação em Manaus”.

Em iniciativas anteriores, segundo a Embaixada, o governo americano doou US$ 2 milhões em fundos à saúde para apoio imediato a comunidades vulneráveis no Amazonas, além de outras medidas de combate à Covid-19 na região.