Os Estados Unidos registraram mais de 150 mil mortes por coronavírus desde o início da pandemia, segundo o levantamento da universidade norte-americana Johns Hopkins. O país é responsável por um quinto das mortes por Covid-19 no mundo.

O painel da instituição aponta mais de 662 mil vidas perdidas em todo o mundo e nos EUA, foram ao menos 150.034 mortes até às 17h40 desta quarta. Também na quarta-feira, os EUA consolidaram o mais rápido aumento no número de mortes pela doença – com 10 mil em apenas 11 dias.

A primeira morte pelo novo coronavírus nos EUA foi anunciada no final de fevereiro. Junto com os EUA, outros 5 países são responsáveis por mais da metade de todas as mortes por Covid no mundo, o Brasil está entre eles. Veja abaixo os países com mais mortes na pandemia:

EUA: 150.034

Brasil: 88.539

Reino Unido: 46.046

México: 44.876

Itália: 35.129

Índia: 34.193

Além disso, os EUA são também o país com mais casos confirmados da doença, com mais de 4,3 milhões de infectados.

Aumento no número de infectados

Um crescimento em infecções nos estados do Arizona, Califórnia, Flórida e Texas neste mês lotou hospitais dos EUA. O aumento obrigou os estados a repensarem a reabertura da economia, que foi impactada por quarentenas em março e abril para coibir a propagação do vírus.

O Texas é o estado que mais teve mortes por Covid em julho, com cerca de 4 mil. É seguido pela Flórida, com 2,9 mil, e pela Califórnia, com 2,5 mil. O índice do Texas inclui um acúmulo de centenas de mortes depois que o governo local mudou a metodologia de contagem das vítimas.

Embora as mortes tenham aumentado rapidamente nesses três estados, Nova York e Nova Jersey ainda lideram o país em números absolutos de mortes. Dos 20 países mais atingidos pelo vírus, os EUA ocupam o 6º lugar pela taxa de mortes por 100 mil habitantes, com 43,9.

Nessa contagem ele é superado pelo Reino Unido (67,2), Espanha (60,8), Itália (58), Peru (54,1) e Chile (46,6).