A prefeitura de Palmas publicou no Diário Oficial do Município da última  quinta-feira, 1°, a exoneração de Emival Dalat Filho, de 36 anos, preso após a Polícia Civil flagrar dezenas de pés de maconha sendo cultivados dentro de sua casa, no setor Morada do Sol, em Palmas. A ação foi realizada na última quarta-feira. De acordo com a publicação, Dalat Filho foi exonerado do cargo de Assessor Técnico da Secretaria Municipal da Saúde.

Conforme a Polícia Civil, o suspeito foi detido após os agentes receberam denúncias anônimas sobre a existência da plantação. Quando foram à residência, os policiais realizaram buscas e encontraram 15 plantas cultivadas, 13 vasos com sementes de maconha semeadas, e sete garrafas com folhas esverdeadas já colhidas. O indivíduo, juntamente com o material foram levados à sede da 5ª DPC.

Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, Dalat Filho foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e, em seguida encaminhado à Casa de Prisão Provisória de Palmas, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.