A Fesserto (Federação dos Sindicatos de Servidores Públicos) divulgou uma nota pública de alerta aos sindicatos e aos servidores estaduais para que estejam mobilizados contra uma possível Reforma da Previdência surpresa no Tocantins. Além disso, a entidade alerta também para a possibilidade de uma reforma administrativa em âmbito estadual.

Ambas as reformas, conforme a entidade, seriam feitas na linha do que ocorre no Brasil e nos outros Estados, ou seja, com imenso prejuízo para os servidores públicos. “As informações direcionam para Reforma da Previdência no Estado e Reforma Administrativa, ambas objetivando a retirada de direitos e conquistas dos servidores públicas auferidas ao longo da história e da luta de todos”, ressalta a nota.

A Fesserto lembra que o governo vem aprovando medidas impopulares na Assembleia Legislativa em sessões feitas na calada da noite, sem o devido debate com a sociedade e com as pessoas atingidas. Um dos exemplos foi recente aumento salarial dos funcionários com cargo de chefia no governo estadual.

“A preocupação da Fesserto se justifica pelo que está ocorrendo no âmbito federal, como, por exemplo, a PEC Emergencial que se encontra no Senado Federal com a possibilidade de corte de salários com a diminuição da jornada de trabalho para servidores públicos. Já no âmbito estadual, já estão ocorrendo em alguns estados, mesmo que de forma inconstitucional, reformas da previdência aumentando a alíquota de contribuição previdenciária”, destaca a nota.