A festa de aniversário do filho do vice-prefeito de Gurupi, Gleydson Nato (PTB), causou polêmica nas redes sociais durante o fim de semana. Imagens feitas no evento mostram pessoas em pé, sem máscara e até dançando. O decreto municipal que está valendo até permite aniversários, mas com capacidade reduzida e sem dança.

O evento aconteceu em um clube na região oeste de Gurupi. Em uma foto tirada no evento aparecem o vice-prefeito, os vereadores Davi Abrantes (PTB), Zezinho da Lafiche (Avante), Jair do Povo (Pros) e mais duas pessoas, todos abraçados e sem máscaras.

Segundo o responsável pelo espaço a capacidade do salão é de 1.170 pessoas. O decreto da prefeitura diz que a lotação máxima é de 40% do estabelecimento, ou seja, 468 pessoas. A prefeitura informou que o evento contou com 120 participantes.

Depois que as imagens e as fotos ganharam as redes sociais, a festa repercutiu entre os moradores de Gurupi. Muita gente não aprovou as atitudes dos políticos.

“Não pode acontecer isso na cidade. Eles eram os primeiros a não fazer esse tipo de aglomeração”, disse o taxista Judemar Pereira. “Não devia estar fazendo isso ainda porque a gente vê tanta gente morrendo ultimamente. Eu mesmo tenho problema e Deus me livre pegar isso”, disse a estudante Juciele Costa.

Gurupi é a terceira cidade mais afetada pela pandemia no estado, com 10.659 casos confirmados e 182 mortes.

O que dizem os citados

A Prefeitura de Gurupi informou que Gleydson Nato, que está licenciado do cargo de vice-prefeito e comanda a Secretária do Trabalho, Assistência Social e Proteção à Mulher, realizou a comemoração do aniversário de três anos do filho, seguindo todas as recomendações previstas no decreto municipal que está em vigor até esta segunda-feira (31).

Segundo o município, o evento contou com aproximadamente 120 pessoas e isso corresponde a aproximadamente 10% da capacidade máxima do local.

“O secretário ressaltou que seguiu todas as normas de segurança como: aferição da temperatura de todos os convidados na entrada, distanciamento das mesas e das pessoas, disponibilização de álcool em gel em todas mesas. Também afirmou que o evento foi finalizado por volta das 22h e que ele e os convidados retiraram as máscaras apenas no momento em que estavam comendo”, diz a nota.

O vereador Jair do Povo afirmou que o evento seguiu todos as medidas de prevenção. Também disse que havia testado negativo para Covid-19 e por isso poderia participar do evento. Ele explicou que as pessoas da foto estavam com ele na mesma mesa e só tiraram as máscaras para refeição e durante a foto.

O vereador Professor Davi Abrantes também afirmou que o evento seguiu todas as medidas de prevenção, cumprindo o decreto municipal. Disse ainda que a quantidade de pessoas estava abaixo do máximo permitido e que estava testado negativo para a Covid-19.

O vereador Zezinho da Lafiche reforçou que o evento seguiu as medidas de prevenção e disse que em relação à foto, havia retirado a máscara para a refeição. Neste momento um dos participantes solicitou o registro, mas logo depois todos teriam voltado à refeição.

Por  G1 Tocantins.