Mais de 40 romeiros começaram a peregrinação rumo ao povoado do Senhor do Bonfim, no sul do estado. Durante a viagem, marcada por fé e devoção, eles enfrentam oito dias de caminhada pela BR-242, saindo de Gurupi até chegar ao povoado de Natividade, onde é realizada uma das festas religiosas mais tradicionais do estado. São mais de 200 quilômetros de estrada. (Veja o vídeo)

Os fiéis iniciaram a viagem no último domingo (5). Mas antes de pegar a rodovia, eles cantaram e rezaram. Esta é um forma de pedir proteção no longo caminho pela frente. Assim, eles se sentem à vontade e prontos para começar o ato de fé.

O motorista Geronimo Naves há muitos anos disponibiliza o caminhão para carregar os alimentos e outros mantimentos que os romeiros usam durante a viagem. Para ele, [e uma forma de agradecer.

“A gente está prestando um serviço não só aos romeiros, mas para o Senhor do Bonfim. Temos essa fé e enquanto tiver vida, todo ano eu quero estar lá, nos pés da imagem”.

O festejo já é realizado há mais de dois séculos e deu origem à primeira igreja construída no povoado do Senhor do Bonfim, em 1750. De acordo com a história contada pelos devotos, um vaqueiro teria encontrado uma imagem do Senhor do Bonfim em cima de um toco de árvore e, após levá-la para Natividade, a imagem voltou a aparecer inexplicavelmente em Bonfim. Daí os devotos começaram a seguir a pé até o povoado.

Há 19 anos, a dona de casa Romilda das Graças Pires é a responsável por juntar os fiéis. “É uma comunhão com Deus esses oito dias que vamos passar na estrada. Cada vez mais, cada ano que passa, me apaixono”.

Com os passos firmes na estrada, eles já demonstram logo no início como vai ser todo o percurso. Em certos momentos eles cantam, em outros eles rezam.

“É o sétimo ano que eu vou, graças a Deus deu tudo certo. Eu vou na fé graças a Deus ajudo muito na estrada quem precisa. Nessa caminhada cada um ajuda o outro”, disse o pedreiro Josimar Lopes. ( As informações são do G1 Tocantins).