George Shultz, secretário de Estado do presidente Ronald Reagan e grande arquiteto da diplomacia americana no final da Guerra Fria, faleceu no sábado aos 100 anos, anunciou o Hoover Institute.

“Um dos mais importantes estrategistas políticos de todos os tempos, que serviu a três presidentes americanos, George P. Shultz faleceu em 6 de fevereiro aos 100 anos”, informou a instituição vinculada à Universidade de Stanford em um comunicado publicado em seu site.

“Shultz desempenhou um papel chave, ao lado do presidente Ronald Reagan, para modificar o curso da historia utilizando todas as ferramentas da diplomacia para acabar com a Guerra Fria”, completa a nota do instituto, do qual o ex-secretário era membro há mais de 30 anos.

“É um dos únicos americanos que ocupou quatro cargos diferentes no governo federal”, como secretário de Estado, do Tesouro, do Trabalho e como diretor de Orçamento na Casa Branca, destacou o Hoover Institute.

Outra ex-secretária de Estado republicana, Condoleezza Rice, saudou o legado de um “grande homem de Estado americano e de um verdadeiro patriota, que tornou o mundo melhor”.