Governador em exercício do Tocantins, Wanderlei Barbosa afirmou que sua gestão incentivará a prática esportiva e que pretende criar a Secretaria de Estado do Esporte.

O esporte tocantinense atualmente está vinculado à Seduc, que também cuida da Educação e Juventude. 

O anúncio foi feito na manhã deste sábado (30) durante encontro com gestores municipais da área de esportes, realizado pela Associação dos Secretários e Diretores Municipais de Esportes do Tocantins (ASDMET) no município de Pium, região do Vale do Araguaia.

O governador Wanderlei Barbosa reforçou que, durante o seu governo, o esporte terá a atenção que merece. “Eu sou um entusiasta do esporte e quero dar o socorro que o Esporte precisa para poder tirar crianças e jovens das drogas. Esse é meu compromisso e é o que farei enquanto estiver à frente do governo”, destacou.

Secretaria do Esporte

Com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento do esporte no Tocantins, o governador Wanderlei Barbosa anunciou que nos próximos dias irá discutir com o Grupo Gestor e representantes da sociedade civil a criação da Secretaria de Estado do Esporte.

“Meu gabinete estará de portas abertas para todos os presidentes de associações, dirigentes e demais representantes, pois quero construir um orçamento que pense todas as vertentes da nossa sociedade. Nós não podemos cuidar da saúde e esquecer da educação, ou cuidar da educação e esquecer do esporte. Vamos cuidar de todas as áreas e nos próximos dias estarei discutindo a criação da Secretaria do Esporte com o Comitê Gestor”, finalizou. 

Encontro

O objetivo do encontro, que também contou com programação no domingo (31), foi o de unir forças entre os gestores municipais para buscar recursos com o fim de fomentar o esporte no Estado. Até o momento, 132 municípios já estão filiados à ASDMET.

O presidente da ASDMET e secretário de Esportes de Colmeia, Marcelo do Ginásio, também destacou que um dos objetivos da associação é livrar os jovens das drogas e da marginalidade.

“A princípio, a nossa ideia era criar um jogo amistoso entre 10 municípios, porque o esporte amador no nosso Estado, infelizmente, tem sido esquecido. A partir daí, tivemos então a ideia de nos unirmos para fomentar o esporte no Estado todo e ajudar também os nossos jovens e crianças a terem não só uma opção de lazer, como também sair das drogas e da marginalidade”, finalizou.