O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, acompanhado da titular da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), Adriana Aguiar, vistoriou na manhã desta sexta-feira, 27, a obra da nova Escola Estadual de Tempo Integral (ETI) de Palmas – Unidade II. Com capacidade para receber 1.500 alunos, a obra da escola estava parada desde 2017 e foi retomada em maio deste ano após assinatura de um novo contrato por parte do Governo Estadual.

A obra faz parte do programa Tocando em Frente e integra uma série de ações a serem desenvolvidas na regional de Palmas. Durante a vistoria, o governador Mauro Carlesse reforçou que o sentimento é de felicidade. “É uma felicidade total poder devolver para comunidade uma obra tão importante que é uma escola de tempo integral. Infelizmente, ela ficou parada por 10 anos, mas era uma meta da nossa gestão conseguir entregar essa obra e é o que vamos fazer em breve, junto com outras obras nas áreas de segurança, saúde, previstas no programa Tocando em Frente”, destacou.

Lançado em julho deste ano, o Tocando em Frente prevê investimentos na ordem de mais de R$ 2,9 bilhões em todo o Estado, além de objetivar o fortalecimento da economia e a geração de empregos para a população nos 139 municípios.

A titular da Seduc, Adriana Aguiar, ressaltou que a escola a ser entregue permitirá uma formação escolar multidisciplinar. “Nessa escola, serão fomentadas atividades culturais e esportivas permitindo que o aluno tenha uma educação global, além de ser um ambiente preparado, organizado e confortável para receber os professores e os demais servidores que aqui irão atuar. E eu tenho certeza que dessa escola sairão grandes profissionais”, finalizou.

A obra segue em ritmo acelerado com 70% de execução da parte física e conforme cronograma de execução, será entregue em maio de 2022. Ao todo, serão investidos R$ 14.231.660. Do montante total de investimentos, R$ 10.151.963 são oriundos de convênio e outros R$ 4.079.697 são oriundos de recurso próprio do Governo do Tocantins.

Estrutura

Conforme o projeto inicial, a unidade de ensino contará com uma estrutura formada por um bloco de área administrativa, com espaço para professores (sala dos professores, informática, sala de vídeo, sala de leitura e sanitários); coordenação pedagógica; diretoria; secretaria; arquivo histórico; almoxarifado; administrativo/financeiro; e sala para funcionários. Além de 21 salas de aula, sala de música, sala multiuso, biblioteca, seis laboratórios e banheiros para alunos.

A escola também contará com refeitório, pátio coberto, cozinha, dependências de serviço, salão multiuso, salas de artes marciais, ateliê, depósitos, quadra poliesportiva coberta com área de 781 m², sala de artes marciais, sala de dança, sala de coral, sala de primeiros socorros, depósito de materiais usados nas aulas de educação física, consultório odontológico, auditório, piscina com seis raias semi olímpicas e com arquibancada e duas guaritas.

Concurso

Na oportunidade, o governador Mauro Carlesse falou da intenção de realizar um novo concurso. “Nós vamos realizar também concursos em diversas áreas, já tem uma câmara técnica fazendo esse estudo, para que assim nós consigamos ter servidores preparados em todas as áreas para atender a população”, afirmou.

A Câmara Técnica composta na última sexta-feira, 20, irá fazer um mapeamento, estudo e prospecção referente à realização de um novo concurso público, que tem como objetivo o provimento de diversos cargos do quadro de pessoal do Poder Executivo estadual. O prazo para a conclusão dos trabalhos é de 90 dias.