O governo federal vai dobrar o limite atual para compras em free shops, de acordo com o jornal O Estado de S. Paulo. A medida foi solicitada pelo presidente Jair Bolsonaro ao ministro da Economia, Paulo Guedes, que vai preparar o decreto para ser editado nos próximos dias. Com a mudança, brasileiros que viajam para o exterior poderão comprar US$ 1 mil em produtos nos aeroportos.

A cota permitida em free shops terrestres, como o da fronteira com o Paraguai, também mudará. O governo vai ampliar de US$ 300 para US$ 500 o valor máximo por pessoa que cruza a fronteira.

“Eu pedi, poxa, Paulo Guedes, faça alguma coisa por mim”, disse o presidente em visita ao jornal O Estado de S. Paulo .

A mudança, no entanto, vale apenas para free shops. O limite para compras trazidas do exterior na bagagem permanecerá de US$ 500 em viagens aéreas e de US$ 300 para viagens terrestres.