O técnico em refrigeração, Neilson Brito Leal de 50 anos, foi assassinado em uma propriedade rural de Brejinho de Nazaré, na região central do Tocantins. De acordo com a Polícia Militar (PM), criminosos armados renderam a vítima na própria casa, levaram um carro e outros objetos de valor e atiraram. Neilson chegou a ser levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

O latrocínio, que é roubo seguido de morte, aconteceu neste sábado (26). Por volta das 14h10 policiais foram à fazenda onde o crime aconteceu, mas não encontraram ninguém e se deslocaram ao Hospital Regional de Porto Nacional.

No local a esposa da vítima disse que seguia para a propriedade atrás de Neilson e, ao se aproximar da fazenda, percebeu que o veículo dele estava retornando. Segundo ela, três homens estavam dentro do carro e havia marcas de tiros no para-brisa.

A mulher disse viu o marido gravemente ferido, com várias perfurações, na porteira de uma fazenda vizinha. Ele foi colocado em um carro e levado ao hospital, mas não resistiu.

Outra testemunha informou aos policiais que por volta das 14h viu dois homens espancando a vítima. Ele disse ao se aproximar os homens atiraram, saiu correndo para um matagal e por pouco não foi atingido.

Conforme a PM, além do carro que pertence a uma empresa de refrigeração, os criminosos roubaram da vítima uma pulseira e um colar de ouro e um celular. Os militares fizeram buscas na região, mas nenhum suspeito do crime foi localizado. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). As informações são do G1 Tocantins.