Bombeiros da Grécia, ajudados na manhã desta sexta-feira (6) por colegas franceses, combatem um grande incêndio 30 km ao norte de Atenas. Cinco pessoas ficaram feridas, e cinco cidades da região foram esvaziadas.

A região atingida fica no sopé do Monte Parnés. Mais de 1.200 hectares queimaram desde terça-feira (3).

“Nosso país está enfrentando uma situação extremamente crítica”, disse o primeiro-ministro grego Kyriakos Mitsotakis na noite de quinta (5).

“Estamos enfrentando condições sem precedentes, já que vários dias de ondas de calor transformaram o país em um barril de pólvora”, acrescentou.

57 dos 99 incêndios registrados na quinta ainda não estavam totalmente controlados. Rodovias na região foram fechadas.

Pelo menos 450 bombeiros gregos estão envolvidos no combate às chamas.

A Defesa Civil grega anunciou que espera dois aviões da França, três helicópteros da Suíça, bem como reforços de Chipre e da Suécia. Uma delegação de ajuda israelense viajará para a Grécia em um avião civil com 15 bombeiros, segundo autoridades israelenses.