Parecia ser um Natal comum na família das gêmeas Luna e Gianella, moradoras do Kansas, nos Estados Unidos. No início de dezembro, a mãe das pequenas sugeriu que as duas mandassem suas cartas para o Papai Noel presas em balões.

Mas a mensagem acabou parando nas mãos de outro Bom Velhinho, Alvin Bamburg, a mais de 1.000 km de distância, no estado americano da Louisiana, algumas semanas depois. Foi então que ele começou a mobilizar amigos e familiares para encontrar e realizar os desejos das garotas.

Em entrevista ao programa Good Morning America, Leticia Flores-Gonzalez disse que não esperava que as mensagens fossem tão longe. Ela contou que apenas queria ter um momento especial com suas filhas, de 4 anos, depois de um ano difícil.

Bamburg encontrou apenas o balão com o pedido de Luna ainda em dezembro, foi então que começou uma campanha no Facebook para poder encontrar a remetente – que terminou nesta semana com uma visita e um presente especial.

Na mensagem, toda decorada com estrelas brilhantes e assinada por Luna, ela lista uma série de presentes que gostaria de ganhar:

Doces

Bola do Homem Aranha

Boneca Frozen

Um cachorrinho

My Little Pony

A postagem de Bamburg recebeu mais de 240 compartilhamentos até chegar à página de Flores-Gonzalez, que havia divulgado um vídeo mostrando o dia em que as pequenas soltaram os balões no quintal de casa.

O mais novo Bom Velhinho e sua rede de contatos conseguiu então enviar parte dos presentes para as pequenas, mas ficou faltando o mais importante do pedido: um cachorrinho.

Depois de conversar com a mãe das gêmeas e encontrar o parceiro ideal em um centro de adoção da sua cidade, Bamburg dirigiu até o Kansas para entregar o filhote Max em mãos – e conhecer, enfim, as garotas.

“Se você consegue fazer com que uma pessoa sorria, pode acreditar, não só você irá ajudá-la, mas você também vai se sentir muito melhor, disse Bamburg. Flores-Gonzalez Disse que os Bamburgs serão para sempre parte da sua família.