Começou neste sábado, 22, a 4ª edição da Palmas Shoes, no Centro de Convenções Arnauld Rodrigutes, com 96 estandes e mais de 300 marcas de calçados nacionais e internacionais, 40 marcas de confecções, 16 marcas de relógios e a maior representante de perfumes importados do Brasil.

A feira de calçados já faz parte do calendário econômico de Palmas e tem como público-alvo empresários do ramo calçadista de Palmas e de cidades tocantinenses, além de representantes de outros estados como Pará, Maranhão, Goiás, Minhas Gerais e Bahia, que terão acesso ao mostruário da coleção primavera verão 2018. A organização estima que o evento movimente mais de R$ 45 milhões em negócios.

Para o organizador do evento, Alessandro Tavarez, a Palmas Shoes já se consolidou e Palmas conta agora com duas edições anuais.  Segundo Tavarez, o crescimento se nota na quantidade dos estandes expositores. Na primeira edição foram 40, 60 na segunda, 82 na terceira, e 96 estandes nesta quarta edição do evento.  “Apesar da crise, felizmente não tivemos retração no mercado de calçados”, pontuou Tavarez.

O analista de mercado da empresa Beira Rio, Paulo Henrique, ressaltou que espera um aumento nas vendas de 20% com relação a edição anterior. “Apesar do momento porque passa o país, acredito no aumento baseado na reação que o mercado tem demonstrado nos últimos meses e por conta da coleção que traz muitas novidades”, declarou Paulo Henrique.

São muitos os lojistas atraídos para a 4ª edição da feira. Na abertura foi possível identificar empresários de vários estados do país. O lojista Wesley da Costa, explicou que é a segunda vez que vem à feira, mesmo estando tão distante. “De todas as feiras que conheço a Palmas Shoes tem se mostrado a mais organizada, e que mais cresce no país, portanto estamos aqui satisfeitos e contribuindo para que ela se desenvolva ainda mais”, disse o lojista mineiro.

O secretário executivo de Turismo da Agência Municipal de Turismo, Eudes de Assis declarou que mais uma vez se confirma o grande potencial de Palmas, que mantém uma integração do negócio com o turismo, uma vez que a feira também movimenta o comércio local, restaurantes e rede hoteleira.

A feira segue até quarta-feira, 26, das 8h30 às 20 horas, e é aberta para o público em geral, no entanto as vendas são restritas a lojistas com CNPJ e que negociem acima de sete pares de calçados.

 

(Com informações Secom Palmas/Foto: Secom Palmas)